LANCE!
06/12/2017
12:07
Rio de Janeiro (RJ) 

Uma das principais polêmicas dos últimos meses no mundo das lutas foi a participação de Michael Bisping no UFC China, realizado no último dia 25 de novembro. Duas semanas depois de ser apagado com uma finalização por Georges Saint-Pierre, o inglês encarou Kelvin Gastelum e acabou nocauteado de forma brutal. Ele admite que a decisão não foi inteligente.

Na última edição de seu podcast, o "Believe You Me", Bisping refletiu sobre a ousadia de voltar ao octógono apenas duas semanas após perder o título em luta agressiva contra St-Pierre.

Ah well. Fuck it! Well done @kgastelum

Uma publicação compartilhada por Mikebisping (@mikebisping) em


- Aquela luta representou a minha luta tentando exorcizar meus demônios e tentando voltar à coluna das vitórias o mais rápido possível. Como disse, foi uma aposta grande por várias razões e foi a decisão errada, mas não me arrependo. Posso ver que foi a decisão errada, mas no momento senti que era o certo e não me arrependo disso - explicou o ex-campeão dos médios. 

Depois de ser finalizado por Georges St-Pierre e acabar nocauteado por Kelvin Gastelum, Michael Bisping já declarou ter a intenção de se aposentar no próximo UFC Londres, programado para o março de 2018.