Luis Fernando Coutinho
08/07/2016
02:21
Las Vegas (EUA)

Momentos após a organização anunciar como oficial a entrada de Anderson Silva no UFC 200 para substituir Jon Jones na luta contra Daniel Cormier no UFC 200, que acontece neste sábado, em Las Vegas (EUA), a organização promoveu uma coletiva de imprensa com o presidente Dana White e o próprio Spider. De bom humor, o brasileiro afirmou estar pronto para o "desafio", detalhou suas condições de luta e até pediu que o amigo Jones não se magoe com sua chegada ao evento histórico.

ASSISTA AO UFC 200 AO VIVO

Mesmo sem treinar forte por algumas semanas e vindo de cirurgia na vesícula biliar, o ex-campeão dos médios garante estar pronto para o desafio. Ele explica que a motivação para se apresentar contra Cormier é a oportunidade de "se testar" e mais.

- Acho que sim (estou pronto), é um desafio que estou enfrentando. Não quero que achem que estou menosprezando o Cormier por desafiar o campeão. Vim me colocar à prova e me testar, mesmo tanto tempo sem treinar e vindo de cirurgia. Quero me testar. É um desafio muito grande pra mim lutar nesse evento. Nunca parei de treinar. Treinar forte eu não estava, mas sempre estou ativo. Se você quer a paz, tem que estar preparado para a guerra. Fiz apenas um sparring (simulação de luta) de boxe nos últimos tempos, ontem à noite. Estou bem, no peso, ainda bem que não tenho que cortar peso algum - explicou o lutador, que vai enfrentar Cormier pelos meio-pesados, até 93kg.


Questionado se fica preocupado com a especialidade de Daniel Cormier no jogo de wrestling, fraqueza de Spider, o lutador foi direto.

- Se eu estivesse preocupado (com Cormier) não estava aqui. Luta é luta. Já passei por tudo de pior que pode acontecer no UFC lutando. Nada mais será surpresa. Estou num recomeço, apesar de acharem que estou em fim de carreira. Tudo tem seu tempo e sua hora - ponderou.

Confira as respostas de Anderson Silva

Confiança diante do desafio
Estou (confiante), pois já passei por várias fases dentro do UFC. Ninguém conseguiu bater meus feitos até hoje e ter um desafio desse, enfrentar um cara como o Cormier no UFC... Sou um cara abençoado. Obrigado ao Dana e aos meus fãs. Quero me testar, não estou aqui para provar nada a ninguém. Acho que ninguém vai chegar perto do que fiz.

Envolvimento de Jones em um novo caso de doping

Fiquei muito triste pelo ocorrido, ele passou por muita coisa, sei que ele estava preparado e certamente seria um grande espetáculo. Com essa vinda da Usada (Agência Antidoping dos Estados Unidos) para o UFC, algumas coisas ficaram mais profissionais. Precisamos tomar cuidado. Espero que ele (Jones) não me leve a mal por eu ter pedido para lutar no lugar dele .

Ligação para Dana White

Acho que (liguei) umas duas horas depois (da divulgação da saída de Jones do UFC 200. Liguei para o meu empresário e depois liguei para o Dana.

Como você acha que será a luta com Cormier?
Acho que vai ser interessante, vou ter que correr bastante dele (risos). Estou brincando, chefe (Dana). Vim para lutar!

Rotina até a luta

A princípio, vinha para outra coisa, para as promoções e tal. Vim com meus filhos. Farei o que sempre fiz até a luta. Vou ao shopping, vou tomar sorvete, farei o que sempre fiz.