LANCE!
06/03/2016
03:03
Las Vegas (EUA)

Apesar de ter entrado no evento faltando duas semanas, Nate Diaz não se afetou com o pouco tempo de treinos e chocou a todos presentes no MGM Grand Arena, em Las Vegas (EUA). Na luta principal do UFC 196, o americano impôs a primeira derrota de Conor McGregor na franquia, ao finalizar o adversário com um mata-leão no segundo round.

O coração foi o grande diferencial neste combate. Mesmo em desvantagem no confronto, Diaz nunca se intimidou e foi para a trocação com o adversário. Com potentes socos, o lutador foi minando a resistência do irlandês até conseguir uma oportunidade de terminar o combate onde é melhor: no chão.

A luta

Como era de esperar, McGregor começou com tudo a luta e os dois partiram para a trocação franca. O irlandês, com boas combinações de socos e pisadas nos joelhos, acertou muitos mais golpes em Diaz, que terminou com um ferimento no rosto. No fim, os dois acabaram no chão, após a tentativa de queda do americano, mas o europeu terminou por cima e batendo.

O segundo round foi eletrizante!! Após McGregor começar melhor e acertar golpes violentos em Diaz, que estava todo ensanguentado, o americano ressurgiu e foi para o tudo ou nada, balançando o rival. Levando a pior, Conro tentou a queda e se deu mal. Nate, após resistência do rival, conseguiu encaixar um mata-leão e finalizou o campeão dos penas. 

- Sabia que ia demorar um pouco para entrar na luta e o ritmo seria mais lento. Estava um pouco fora de forma, mas confiava que melhoraria. Se tivesse feito um treinamento completo, ele nem me tocaria. No chão, era certo de finalizar. Agora tem um novo rei na cidade, galera - provocou Diaz.

Com essa vitória, Nate Diaz acumula dois triunfos seguidos no UFC. O americano, que vinha de  resultado positivo sobre Michael Johnson, em dezembro de 2015, agora tem 19 vitórias e 10 derrotas na carreira.


UFC 196
Card principal

Nate Diaz finalizou Conor McGregor no 2R
Miesha Tate finalizou Holly Holm no 5R
Ilir Latifi derrotou Gian Villante por decisão unânime
Corey Anderson derrotou Tom Lawlor por decisão unânime
Amanda Nunes derrotou Valentina Shevchenko por decisão unânime
Card preliminar
Siyar Bahadurzada finalizou Brandon Thatch no 3R
Nordine Taleb derrotou Erick Silva por nocaute no 2R
Vitor Miranda derrotou Marcelo Guimarães por nocaute no 2R
Darren Elkins derrotou Chas Skelly por decisão unânime
Diego Sanchez derrotou Jim Miller por decisão unânime
Jason Saggo derrotou Justin Salas por nocaute técnico no 1R
Teruto Ishihara derrotou Julian Erosa por nocaute técnico no 2R