LANCE!
05/12/2016
08:54
Rio de Janeiro (RJ)

Semanas após conquistar o segundo cinturão do UFC ao nocautear Eddie Alvarez no UFC 205, em Nova York (EUA), Conor McGregor perdeu o título dos penas devido a uma decisão do Ultimate, que pretende manter a atividade da divisão até 65,8kg. Mas, segundo o astro irlandês, não é bem assim.

Em participação em um evento onde protagonizou uma sessão de perguntas e respostas, McGregor falou sobre a promoção de José Aldo a campeão absoluto da divisão dos penas e menosprezou a nova posição do brasileiro.

- Eles (o UFC) estão tentando tirar meu cinturão, mas isso não vai acontecer. Meus títulos estão lá em casa e ainda sou campeão mundial em duas divisões. Terão de tomá-los fisicamente. Tenho acompanhado o noticiário, mas o cinturão segue comigo, está na minha casa. Podem brincar o quanto quiserem com esses cinturões de mentira. Comunicarei isso ao UFC. Amo a companhia, mas vocês não enganam ninguém com isso tudo. Boa sorte com isso - disparou o irlandês.

A decisão do Ultimate foi destituir Conor da posição de campeão absoluto dos penas após um ano sem defender o título conquistado em dezembro passado. Com isso, José Aldo é o novo campeão absoluto da divisão, e Max Holloway e Anthony Pettis se encaram pelo cinturão interino da divisão.