Cris Cyborg encara Leslie Smith no dia 14 de maio, pelo UFC 198 (FOTO: Divulgação)

                                  Cyborg encara Leslie Smith no dia 14 de maio, pelo UFC 198 (FOTO: Divulgação)

LANCE!
09/05/2016
15:32
Rio de Janeiro (RJ)

Campeã dos penas do UFC, Cris Cyborg finalmente vai fazer sua estreia pela maior organização de MMA do planeta, quando bate de frente com Leslie Smith, em evento que acontece no dia 18 de maio, em Curitiba (PR).

Se a maioria dos brasileiros está eufórico em ver a maior lutadora de MMA do mundo em ação, o ex-marido de Cristiane Justine, Evangelista Cyborg se diz revoltado com o tratamento que o UFC tem dado a brasileira ao longo dos anos. O lutador soltou o verbo em entrevista ao site “MMA Fighting.

- Eles tratam os lutadores como burros de carga para promoverem seus eventos e ganharem dinheiro. O único que eles promovem é o Conor McGregor, aquele m**. E a Ronda, que foi criação da mídia. A Cris acaba com ela, mas eles querem uma garota bonitinha, não lutadoras de verdade. Eles deviam ter assinado com a Cris há muito tempo, ela é a melhor do mundo. Mas esses babacas do UFC fizeram ela de palhaça por anos. O UFC é cheio de babacas. A forma como eles tratam os lutadores é ridícula. Eles estão destruindo o esporte – disparou Evangelista.

Cris Cyborg irá lutar em peso casado (63kg) com Leslie Smith, mesma categoria que a paranaense desafiou Ronda Rousey a fazer um combate especial.  A brasileira corre o risco de voltar a lutar pelo Invicta pela falta de interesse do UFC em criar a categoria dos penas, onde Cristiane é campeã.

A americana Ronda Rousey é ex-campeã dos galos (61kg) do UFC e nunca demonstrou interesse em sair de sua categoria para fazer uma superluta. Em contrapartida, a brasileira não tem condições físicas de atingir os 61kg exigidos no peso-galo.