LANCE!
20/04/2017
11:16
Rio de Janeiro (RJ)

Depois que foi nocauteado por Anthony johnson, em setembro de 2015, Jimi Manuwa nocauteou dois adversários em sequência. E ele acha que isso é o suficiente para disputar o cinturão dos meio-pesados do UFC. Além de se definir como o "Mike Tyson" da divisão, o inglês espera que Jon Jones não "fure a fila" em uma corrida pela chance ao cinturão de Daniel Cormier.

Em participação no podcast "Five Rounds", Manuwa deu sua opinião a respeito da situação da categoria e diz que Jones precisa de uma luta "para aquecer" antes da chance pelo título.

- Não quero que Jones fure a fila. Tenho trabalhado duro, nocauteando as pessoas. Acredito que eu mereço a chance pelo título. Ele (Jones) é o melhor de todos os tempos, mas está fora por um ou dois anos. Acho que ele precisa de uma luta de aquecimento, e acho que ele sabe disso - explicou.

Manuwa ainda completou defendendo suas qualidade e chegou a se comparar com Mike Tyson após dois nocautes consecutivos.

- Não dá para discutir com Jones. Ele é o melhor de todos Mas não sei. Sinto que finalizei minhas últimas lutas de forma espetacular. Não vou para a decisão. Sou como o Mike Tyson da divisão agora. Acho que todos esses caras sabem que sou uma luta dura para todos da divisão no momento - concluiu.

No início da semana o presidente do UFC Dana White e Daniel Cormier anunciaram que a próxima defesa de título dos meio-pesados acontece no dia 29 de julho, em Anaheim (EUA). Se Jones não quiser fazer a revanche com Cormier, Jimi Manuwa será o próximo desafiante.