Lenda do kickboxing brasileiro, Deucélio Rodrigues prepara pupilos e passa o bastão no WGP #33

                Lenda do kickboxing brasileiro, Deucélio prepara pupilos e passa o bastão no WGP (FOTO: Divulgação)

LANCE!
05/09/2016
15:11
Rio de Janeiro (RJ)

Depois da despedida dos ringues no WGP #29, a lenda do kickboxing brasileiro Deucélio Rodrigues vive o outro lado da moeda. Neste sábado, no Ginásio Joaquim Prestes, em Guarapuava, ele ficará apenas do lado de fora da ringue instruindo e apoiando seus pupilos na 33ª edição do maior evento de luta em pé da América Latina. O currículo com 68 vitórias em 69 lutas, sendo 66 delas por nocaute, faz de Deucélio uma inspiração para os mais jovens. Em sua cidade natal, ele acompanhará de perto dois grandes prospectos nas Super Fights entre brasileiros e argentinos. Atletas do CT Célio Rodrigues, Bruno Cerutti e Jhonatan Leuch encaram na divisão dos leves (até 60kg), Lucas Arce e Ignacio "El Missil" Capllonch, respectivamente. 

Como qualquer outro atleta, o veterano e quatro vezes campeão mundial de kickboxing - em três categorias diferentes - pendurou as luvas contra o norte-americano German Baltazar, campeão mundial amador. Aos 45 anos, ele sabe que é a hora de treinar seus meninos.

- Passar o bastão para os garotos não é fácil. Por outro lado, me sinto orgulhoso pelo fato de abrir as portas para todos da categoria. Sou tetracampeão mundial em três categorias e ter dois atletas no nível e gabarito que eles estão, para mim é uma honra como mestre deles vê-los se projetando. Estou feliz em saber que o legado continua - celebra Deucélio.

Aposentado desde abril, Deucélio ainda não se acostumou com a nova fase na carreira. O motivo da aposentadoria, segundo o próprio, foi a elevada idade para aguentar as batalhas protagonizadas em suas 69 lutas. A adaptação ainda está em curso, mas a sensação de dever cumprido nunca será esquecida.

- A vida fora do ringue é difícil. Muda muito. A vontade é grande de lutar ainda, mas tem uma hora que o corpo não aguenta mais, mesmo você querendo. Tem que tomar muito cuidado - afirma, sem esquecer das sensações que ainda lhe acometem quando seus pupilos estão no ringue:

- Sofro muito. Estou sempre atento aos detalhes e tentando me adaptar. Foram 33 anos assim. Muda tudo. De uma hora para outra aceitar que tem que parar. Gosto, sou viciado em lutas. Quero fazer um atleta campeão do mundo como fui. Cerutti e Leuch são ótimos. Quero fazer um prata da casa um pupilo meu - completa.

Projetos para formar mais campeões
Além de mestre do CT que leva seu nome e revela muitos nomes para o kickboxing nacional e mundial, Deucélio Rodrigues ainda tem projetos mais audaciosos para sua carreira como formador e treinador. Em Guarapuava, local do WGP #33, ele iniciou um projeto para inserir a modalidade as crianças carentes da região.

- Estou em projetos sociais em Guarapuava para fazer com que a molecada tenha a oportunidade de treinar kickboxing, como eu tive e meus pupilos estão tendo. Esse é meu grande projeto - conta.

Para chegar ao patamar que ele alcançou, a receita é muito simples, porém a tarefa é árdua.

- Atitude, vontade, determinação e muita disciplina. Se não tiver perseverança. Não é fácil. Não é da noite para o dia que isso vai se entender e sim com o tempo. É preciso se auto desafiar - conclui.

Mais alunos no card
Não serão só Jhonatan Leuch e Bruno Cerutti que vão representar Deucélio no ringue na noite de 10 de setembro. Em uma Super Fight da divisão super-médio (78,1 Kg) Nattan Novak encara Isaac Correa. Já no card preliminar, Fabulo Cardoso e Mateus Simão medem forças com Lucas Jacob e Bruno Henrique, respectivamente.

Challenger GP agita a noite
O WGP #33 além de contar com três Super Fights entre brasileiros e argentinos, também vai consagrar o mais novo campeão do Challenger GP dos meio-médios (até 71,8,kg). No ringue, Marcelo Dionísio e Weber Shrek abrem a primeira semifinal de olho na grande decisão da noite, no main event. Na segunda semifinal, Wallace ‘Negão’ e Rafael Teixeira também disputam vaga. O vencedor do GP será o próximo desafiante ao cinturão da categoria contra o atual campeão Ravy Brunow.

WGP #33: Challenger GP - 71,8 Kg
Data: Sábado, 10 de setembro de 2016
Local: Ginásio Joaquim Prestes (Rua Brigadeiro Rocha, s/n - Guarapuava/PR)
Horário: 19h - Undercard / 20h - WGP SuperFights/ 21h - MainCard(Abertura dos portões às 18h30)
Entrada: Ingressos mediante a doação de 1Kg (arquibancada) ou 5 Kg (VIP) de alimento não perecível
Pontos de Troca: toda a rede Super Pão e Baratão

WGP #33 - Main Card
Main Event: Challenger GP - Final
K1 Rules - Peso-Meio-Médio (71,8 Kg)
Vencedor Semifinal 1 x Vencedor Semifinal 2

Co-Main Event: International Super Fight
K1 Rules - Peso-Leve (60 Kg)
Bruno Cerutti (CT Celio Rodrigues - BRA) x Lucas ‘El Niño’ Arce (Mudo Team / Dojo Serpiente - ARG)

Intenational Super Fight
K1 Rules - Peso-Leve (60 Kg)
Jhonatan Leuch (CT Celio Rodrigues - BRA) x Ignacio ‘El Misil’ Capllonch (Dojo Serpiente - ARG)

Intenational Super Fight
K1 Rules - Peso-Pesado (94,1 Kg)
Clei Silva (University Champion - BRA) x Lucas Alsina (Picante Fight Club - ARG)

Super Fight
K1 Rules - Peso-Cruzador (85,1 Kg)
Guilherme Gimenez (Thai Brasil) x Cesar Almeida (Rizzo RVT / LB / New Level)

Challenger GP - Semifinal 2
K1 Rules - Peso-Meio-Médio (71,8 Kg)
Wallace Lopes (Rio Fighters) x Rafael Teixeira (Teixeira Team / ARENA)

Challenger GP - Semifinal 1
K1 Rules - Peso-Meio-Médio (71,8 Kg)
Marcelo Dionísio (San Martino Team) x Weber Shrek (Big G Team)

WGP #33 - Super Fights
Super Fight 4
K1 Rules - Peso-Pena (58,2 Kg)
Maycon Oliveira (Schima Combat) x Fábio ‘Maloqueiro’ (World Strong Fight Team)

Super Fight 3
K1 Rules - Peso-Super-Médio (78,1 Kg)
Nattan Novak (CT Celio Rodrigues - BRA) x Isaac Correa (Gentilini Fighters - ANG)

Super Fight 2
K1 Rules - Peso-Super-Leve (64,5 Kg)
Eduardo Borba (Borba Team - BRA) x Ivan Ibarbe (Team Marcelo Salas - BOL)

Super Fight 1
K1 Rules - Peso-Meio-Médio (71,8 Kg)
Mateus Gatti (Nak) x Hudson Andrade (Ponto 1)

WGP #33 - Undercard
Fight 4
K1 Rules - Peso-Super-Médio (78,1 Kg)
Fabulo Cardoso (CT Celio Rodrigues) x Lucas Jacob (Ponto 1)

Fight 3
K1 Rules - Peso-Meio-Médio (71,8 Kg)
Everton Rodrigues (Thai Brasil) x Jonathan Vendrame (N1 Team)

Fight 2
K1 Rules - Peso-Super-Leve (64,5 Kg)
Kauan Americano (Nak) x Petros ‘Cabelinho’ (World Strong Fight Team)

Fight 1
K1 Rules - Peso-Super-Leve (64,5 Kg)
Mateus Simão (CT Celio Rodrigues) x Bruno Henrique (Gracie Barra - Guarapuava)