Luis Fernando Coutinho
07/07/2016
13:18
Las Vegas (EUA)

Aconteceu no início da tarde desta quinta-feira uma coletiva de imprensa com Jon Jones, em Las Vegas (EUA). O evento serviu para o lutador esclarecer algumas dúvidas em relação ao flagra no doping ocorrido nesta quarta-feira, onde acabou notificado pela Usada (Agência Antidoping dos Estados Unidos)por uma possível violação e acabou fora do UFC 200, que acontece neste sábado, onde enfrentaria Daniel Cormier em disputa de cinturão dos meio-pesados. Emocionado, o atleta derramou lágrimas e alegou ser inocente.

ASSISTA AO UFC 200 AO VIVO

- Quero primeiro pedir desculpas a todos os fãs que vieram me apoiar para o UFC 200, obviamente ao UFC, aos irmãos Fertittas (donos do UFC), sei que há muito rolando nesse evento. Daniel Cormier, quero pedir desculpas. A luta significa muito a ele e pra mim e não vai acontecer. Quero pedir desculpas sinceramente. Não sei o que dizer, sinto muito isso acontecer. A situação é uma droga, machuca muito. Não tenho ideia do que pode ser, não sei pronunciar o nome da substância. Tomei os mesmos suplementos que tomei a carreira toda. Nunca tomei substância alguma de melhora de performance. Fiquei muito devastado quando descobri. Jamais tomaria algo que colocaria em risco minha carreira. Não trapaceio - jurou o lutador, aos prantos.

 
Acompanhado de seu empresario, Malki Kawa e Denis White, representante de relações públicas do lutador, Jones chorou em diversos momentos e chegou a deixar a coletiva de imprensa no início, para se recompor. Ele deixou claro que não pensa em aposentadoria e considera receber uma punição de até dois anos pela comissão atlética, mas mantém a cabeça erguida sobre o futuro no esporte. Uma contraprova foi solicitada pela equipe de Jones e um resultado deve sair até a noite desta quinta-feira. 

- Sou um lutador e adversidade me alimenta. Estou chateado hoje, mas ficarei bem e eventualmente meus fãs ficarão orgulhosos de novo. A coisa toda é que ser tratado como alguém que trapaceou machuca a minha carreira. Quero tentar me manter positivo e otimista quanto a situação. Vamos descobrir o resultado da contraprova e veremos pra onde vamos daqui - explicou o lutador.

Sobre seu futuro
"Deus tem um plano pra mim, apenas tento me manter otimista. Tive muito trabalho pra chegar até aqui e sinto que tenho que escalar novamente a montanha toda".

Encontro com Daniel Cormier
"Não tive a chance de falar com Dana White. Apenas diria a ele que sinto muito por tudo".

Conversa com o UFC após o anúncio do doping
"Não me comuniquei com Dana White, falei apenas com Lorenzo (Fertitta) e disse que nunca trapaceei. Minha ética e tudo é muito importante. Tudo o que aconteceu não vai me parar".

Você tomou alguma coisa diferente nos treinos
"Existem algumas coisas que não tem nada com substâncias de performance que testei nos treinamentos, o que quer que seja não sei pronunciar e agora eu vou pensar em tudo o que tomo antes da luta e focar no processo para voltar".

Quem cuida dos produtos que você toma?
"Tenho uma equipe de agenciamento que sabe sobre tudo o que tomo rumo a uma luta. Não penso muito nisso. Apenas sei em meu coração... Nunca imaginei que isso poderia acontecer".

Retorno ao MMA
"Vou voltar, não penso em mais nada, apenas estou otimista. No fim do dia, sou um lutador e mesmo que pareça não estou acabado, estou apenas muito triste, irritado. Lutei muito para chegar até aqui e isso não vai me parar. Dois anos fora do jogo não vai me parar. Apenas penso que Deus está esperando para falar comigo.

Aposentadoria?
Isso não vai acontecer, tenho prioridades. Somos todos testados na vida. Isso não vai me quebrar. Acredito que algo muito bom irá acontecer. Talvez isso seja algo que Deus achou que eu precisava. Não vejo o motivo agora, mas ultimamente os planos dele vão aparecer. Estou triste, mas ao mesmo tempo estou pensando na frente, algo vai surgir disso, eu sei.

Confira as lutas do UFC 200 - Sábado
Brock Lesnar x Mark Hunt
Miesha Tate x Amanda Nunes
José Aldo x Frankie Edgar
Cain Velásquez x Travis Browne
Card preliminar
Cat Zingano x Julianna Peña
Johny Hendricks x Kelvin Gastelum
TJ Dillashaw x Raphael Assunção
Sage Northcutt x Enrique Marin
Diego Sanchez x Joe Lauzon
Gegard Mousasi x Thiago Marreta
Jim Miller x Takanori Gomi