LANCE!
01/01/2017
13:30
Rio de Janeiro (RJ)

Enquanto algumas personalidades do mundo das lutas reservaram energia para provocar Ronda Rousey após mais uma derrota traumática na carreira, outros lutadores optaram por apoiar a americana no momento difícil da carreira no esporte.

Depois de acabar nocauteada por Amanda Nunes em apenas 48 segundos de luta, no UFC 207, que aconteceu na última sexta-feira, em Las Vegas (EUA), Ronda recebeu o apoio de Jon Jones.

O ex-campeão do UFC publicou em sua conta no Instagram uma foto antiga ao lado de Rousey, onde a americana mostra o dedo do meio e ele faz sinal de negativo. Junto a foto, ele escreveu uma publicação:

- Para todos aqueles que amam chutar uma pessoa quando ela está caída.

To all the people who loves to kick a person while they're down.

Uma foto publicada por Jon Bones Jones (@jonnybones) em


Ele ainda aconselhou a ex-campeã a voltar ao octógono mesmo após duas derrotas traumáticas.

- Meu conselho a Ronda seria se recompor e tentar de novo. Acredito que Ronda será campeã pelo resto da vida, mesmo se nunca mais vencer uma luta. Acho que é importante ela mostrar aos fãs a coragem de tentar mais uma vez. Seu próximo passo vai determinar seu legado. Espero que ela escolha continuar. Sua história não tem que acabar aqui - declarou o americano.

Jon Jones está suspenso até julho por conta de um flagra no doping ocorrido antes do UFC 200, em julho passado.