LANCE!
29/10/2016
17:38
Rio de Janeiro (RJ)

Um momento difícil na carreira de um lutador é decidir a hora de parar. E pelo visto o ex-campeão dos meio-médios Johny Hendricks está passando por isso. Ele encara Neil Magny, no dia 30 de dezembro, em Las Vegas (EUA), pelo UFC 207 e considera uma aposentadoria dependendo do resultado da luta.

EM entrevista ao site MMA Junkie, Hendricks afirmou que um possível revés contra Magny pode influenciar em sua decisão.

- Se não vencer essa luta, o problema não será minha habilidade, mas sim minha vontade de treinar. Minha mente está nisso. Voltei a treinar pesado, mas vamos dizer que algo acontece e eu perco. É perda de tempo levar surras por 12 semanas e depois lutar. Assim, eu poderia ter mais tempo para as minhas crianças, e venho pensando nisso. Assim que minha esposa disser que precisa que eu fique mais em casa, eu vou parar. Mesmo se eu vencer essa luta (posso me aposentar) - disse o americano.

Aos 33 anos, Johny Hendricks é ex-campeão dos meio-médios e soma duas derrotas consecutivas na carreira. Ele perdeu para Kelvin Gastelum e Stephen Thompson em seus dois últimos combates.