Anthony Johnson é lutador meio-pesado do UFC (FOTO: Reprodução)

                                         Anthony Johnson é ex-desafiante meio-pesado do UFC - (FOTO: Reprodução)

Erik Engelhart
18/08/2016
12:25
Rio de Janeiro (EUA)

Ex-desafiante dos meio-pesados, Anthony Johnson pensa todos os dias em uma revanche contra o atual campeão Daniel Cormier, mas antes o americano terá que passar por um grande desafio, diante do também ex-desafiante, Glover Teixeira, em luta que acontece neste sábado (20), em Las Vegas (EUA), pelo UFC 202.

Desde que foi derrotado por DC em disputa de cinturão, Rumble nocauteou Jimi Manuwa e Ryan Bader e espera uma batalha travada em pé contra o mineiro, conforme confidenciou em entrevista ao LANCE!

- Se ele tentar me derrubar, vai ser uma tarefa muita árdua para ele, mas no final das contas acredito que essa luta vai se desenrolar em pé. Se ele vier para a trocação será melhor para mim. Sempre que qualquer um vem para a troca franca de golpes, é onde me sinto melhor e levo vantagem. Vejo brechas melhor do que outras pessoas e assim que eu ver alguma no jogo dele, irei capitalizar - garantiu Johnson.

O americano construiu um cartel com 21 vitórias e das cinco derrotas que amargou, em quatro delas Anthony acabou finalizado. Sabendo que terá um faixa-preta de jiu-jitsu de alto nível pela frente, o lutador garantiu que estará com o chão em dia.

- Tenho treinado bem mais jiu-jitsu atualmente e posso te dizer que melhorei muito, não estou mais com receio de ir para o solo. Tenho me divertido praticando grappling e se o Glover vier para a luta agarrada, nós lutaremos - disse Johnson, que comparou o peso de sua mão com a do brasileiro.

- Acredito que minhas mãos são mais pesadas do que as do Glover. Quando penso nessa luta, penso que pode acontecer de tudo. Meu adversário tem poder de nocaute e um bom wrestling, mas estou pronto para tudo o que ele trouxer para essa luta. Podem esperar fogos de artifício nesse combate, porque eu sempre entro para nocautear - garantiu.

Em sua última derrota, no UFC 187, Anthony acabou finalizado por Daniel Cormier no terceiro round com um mata-leão. Mesmo tendo um grande desafio pela frente, o revés para DC não sai da memória de Rumble.

- Eu penso em uma revanche contra o Daniel Cormier o tempo inteiro, mas agora meu foco principal é o Glover. Eu faria tudo diferente da primeira luta contra o DC, principalmente com relação a minha preparação mental. Seria outra luta - encerrou.

No combate principal do UFC 202, o irlandês Conor McGregor e o americano Nate Diaz fazem uma revanche, disputada na divisão dos meio-médios.

Confira abaixo o card completo do evento:
Conor McGregor x Nate Diaz
Anthony Johnson x Glover Teixeira
Rick Story x Donald Cerrone
Hyun Gyu Lim x Mike Perry
Tim Means x Sabah Homasi
Card preliminar
Cody Garbrandt x Takeya Mizugaki
Raquel Pennington x Elizabeth Phillips
Artem Lobov x Chris Avila
Cortney Casey x Randa Markos
Neil Magny x Lorenz Larkin
Colby Covington x Max Griffin
Alberto Uda x Marvin Vettori