Jessica Bate-Estaca

                   Jessica Andrade possui quatro vitórias e três derrotas no peso-galo do UFC - (Foto: Divulgação UFC)

Erik Engelhart
01/06/2016
16:39
Rio de Janeiro

Com apenas 1.57m de altura, Jessica Andrade provou que tamanho não é documento e acumulou boas vitórias na categoria dos galos do UFC. No entanto, para alçar voos mais altos, Bate-Estaca decidiu descer para o peso palha e sua estreia acontece neste sábado (4), na Califórnia (EUA), quando bate de frente com a ex-desafiante da categoria de cima e atual sexta do ranking, Jessica Penne.

A descida de peso da paranaense foi planejada e realizada de maneira gradual, o que evita qualquer possibilidade de susto no dia da pesagem, conforme a atleta da PRVT revelou em entrevista exclusiva ao LANCE!

- Estou bem tranquila quanto a essa nova categoria, hoje eu me pesei e bati 53.6kg. Estou comendo e bebendo água normalmente e a minha força continua a mesma, não terei problemas. Estou entrando de cabeça nessa categoria para mostrar minha capacidade e fazer a diferença entra as palhas. Sempre fui a mais baixinha no peso-galo e agora vai ser mais fácil encontrar a distância - disse Andrade, que sabe que não terá moleza pela frente.

- Me jogaram aos leões e estou muito feliz de saber que o UFC deposita essa confiança em mim e me escalou contra uma atleta tão bem ranqueada. Vou anular o jogo dela e trazê-la para o meu jogo. Foquei muito na parte de defesa de mata-leão e triângulo, que é o ponto forte dela. Depois do primeiro round é mais tranquilo, pois já estamos bem suadas e fica mais difícil dela tentar alguma finalização - completou.

Jéssica fez o 'dever de casa', porque em suas últimas duas derrotas acabou finalizada e sua atual adversária é especialista no jogo de chão. Apesar de saber que tem que dar um passo de cada vez, a brasileira tem noção de que uma vitória convincente sobre a sexta do mundo pode lhe colocar muito bem no ranking. 

- Uma vitória pode me deixar entre as top 10 ou até mesmo perto de uma disputa de cinturão, tudo depende de como vai se desenrolar a luta de sábado. Vou soltar os bichos pra cima dela, vou dar meu coração e minha alma para trazer essa vitória para o Brasil - concluiu.

Na luta principal do UFC 199, o campeão dos médios Luke Rockhold coloca o cinturão em jogo diante do desafiante Michael Bisping.