Joanna Jedrzejczyk manteve o cinturão do UFC

Joanna Jedrzejczyk manteve o cinturão do UFC (FOTO: Reprodução)

Luis Fernando Coutinho
09/07/2016
14:40
Las Vegas (EUA)

Depois de manter o cinturão do Ultimate pela terceira vez, dessa vez com uma vitória na decisão contra Claudia Gadelha, pelo TUF 23 Finale, nesta sexta-feira, Joanna Jedrzejczyk só tem um desejo em mente: lutar no UFC de Nova York, programado para acontecer no dia 12 de novembro, na edição 205, que acontece no Madison Square Garden em show histórico.

Em coletiva de imprensa após o show, a polonesa disse não saber se um dia enfrentará Gadelha pela terceira vez, mas garantiu que quer lutar no evento do UFC em Nova York e depois deixar a divisão peso-palha e atuar na recém-criada categoria peso mosca feminino. 

- Pra mim Gadelha é uma das melhores do UFC. Falei isso depois de nossa primeira luta. Não sei (se haverá uma terceira luta), mas sei que quero lutar em Nova York, quero fazer parte desse grande show. Antes de subir quero defender meu cinturão mais uma vez e depois verei como as coisas acontecem e se a divisão dos moscas cresce. Quero me aposentar invicta e isso é o meu sonho - cravou a campeã do UFC.

A polonesa ainda detalhou seu sentimento durante o confronto com Gadelha. Para ela, o triunfo e a virada na luta foi questão de tempo.

- Estou feliz, senti que ela talvez estivesse cansada nos rounds finais. Estava esperando a minha chance. Não senti que ela poderia me finalizar no chão, então esperei minha chance. Sempre trabalho muito para 10, 15 rounds. Não se pode ser tão dominante. Acho que a Claudia ganhou os dois primeiros, mas depois eu tomei o controle - explicou.