icons.title signature.placeholder Carlos Antunes
icons.title signature.placeholder Carlos Antunes
29/08/2015
15:29

A participação de Ben Henderson no ADCC, realizado neste fim de semana, em São Paulo, não foi como ele esperava. O ex-campeão dos leves do Ultimate foi eliminado em sua primeira luta, quando acabou finalizado pelo russo Abdukadirov Magomed com um mata-leão.

Em entrevista após o compromisso, o americano afirmou que teve uma atuação horrível e garantiu que precisa evoluir, para voltar a disputar o torneio, que volta a acontecer somente em 2017.

- Não foi uma boa performance. Na verdade foi uma performance horrível. Não estou acostumado a apresentar atuações ruins. Ganhando ou perdendo, sempre faço boas lutas. Hoje foi uma apresentação terrível e acho que preciso me reiventar. Quero lutar o absoluto já amanhã (neste domingo), com aqueles caras grandes. Não quero esperar até 2017 - afirmou o lutador, que vai ter que esperar um convite da franquia para disputar essa parte da competição.

Sobre o adversário, que na luta seguinte foi superado por Gilbert Durinho, Bendo admitiu que não o conhecia, mas não usou isso como desculpa para o revés surpreendente.

- Não conhecia meu oponente, foi a primeira vez que ouvi sobre ele. Mas isso não faz muita diferença normalmente - completou o americano, que no dia 28 de novembro volta a atuar no UFC, contra Thiago Pitbull, dia 28 de novembro, na luta principal do UFC Coréia do Sul.

A participação de Ben Henderson no ADCC, realizado neste fim de semana, em São Paulo, não foi como ele esperava. O ex-campeão dos leves do Ultimate foi eliminado em sua primeira luta, quando acabou finalizado pelo russo Abdukadirov Magomed com um mata-leão.

Em entrevista após o compromisso, o americano afirmou que teve uma atuação horrível e garantiu que precisa evoluir, para voltar a disputar o torneio, que volta a acontecer somente em 2017.

- Não foi uma boa performance. Na verdade foi uma performance horrível. Não estou acostumado a apresentar atuações ruins. Ganhando ou perdendo, sempre faço boas lutas. Hoje foi uma apresentação terrível e acho que preciso me reiventar. Quero lutar o absoluto já amanhã (neste domingo), com aqueles caras grandes. Não quero esperar até 2017 - afirmou o lutador, que vai ter que esperar um convite da franquia para disputar essa parte da competição.

Sobre o adversário, que na luta seguinte foi superado por Gilbert Durinho, Bendo admitiu que não o conhecia, mas não usou isso como desculpa para o revés surpreendente.

- Não conhecia meu oponente, foi a primeira vez que ouvi sobre ele. Mas isso não faz muita diferença normalmente - completou o americano, que no dia 28 de novembro volta a atuar no UFC, contra Thiago Pitbull, dia 28 de novembro, na luta principal do UFC Coréia do Sul.