Rashad Evans é ex-campeão dos meio-pesados do UFC e quer voltar a lutar contra Shogun (FOTO: Divulgação/UFC)

Evans foi ex-campeão dos meio-pesados do UFC , mas vem de duas derrotas seguidas - (FOTO: Divulgação/UFC)

LANCE!
18/04/2016
10:43
Rio de Janeiro (RJ)

Ex-campeão dos meio-pesados, Rashad Evans não viu a cor da bola no último sábado (16) e acabou nocauteado por Glover Teixeira em apenas 37 segundos, em evento realizado em Tampa, nos EUA.

Após o revés acachapante, Rashad recebeu um apoio moral de um de seus maiores rivais, o ex-campeão e desafeto, Jon Jones.

Ex-parceiros de treinos na academia de Greg Jackson, em Albuquerque (EUA), Rashad e Jones foram grandes amigos, mas a relação entre os atletas declinou quando seus caminhos cruzaram em uma disputa de cinturão. Evans considerou que Jones tinha privilégios e decidiu deixar a equipe.

Mas como dizem, o ‘tempo cura as feridas’ e Jon Jones surpreendeu, logo após o nocaute para o brasileiro, em entrevista a Brian Stann, consolando o ex-parceiro.

- Mantenha a cabeça erguida Evans. Para mim, você sempre será uma lenda do esporte. Você é um grande campeão e sempre será. Não é o nosso cartel quem define o que somos, mas sim a coragem que nos permite continuar na jornada. Continue na trajetória, irmão - disse Jones, em um trecho da entrevista postada em uma rede social.

Jones fez sua terceira defesa de cinturão, em abril de 2012, diante de Rashad Evans e o derrotou na decisão unânime dos juízes. No próximo sábado (23), o ex-campeão disputa o cinturão interino da categoria diante de Ovince St. Preux, em Las Vegas (EUA), pelo UFC 197.