LANCE!
07/04/2016
11:24
Rio de Janeiro (RJ)

Mais polêmico do que o fato de o UFC realizar a revanche entre Conor McGregor e Nate Diaz no UFC 200, dia 9 de julho, em Las Vegas (EUA), foi o duelo ser acertado para acontecer na categoria dos meio-médios. Apesar da "obsessão" do irlandês em vingar a derrota nas mesmas condições, o empresário do astro revela que o campeão dos penas cogitou acertar o reencontro na divisão dos leves em um último momento.

Segundo Audie Attar, Conor estava de fato obcecado pela revanche nos meio-médios, mas chegou a dizer que aceitaria lutar nos leves (até 70,3kg). O contrato, porém, já estava feito para o duelo nos meio-médios (até 77,1kg) e assim ficou.

- Na última hora, Antes de assinar o acordo, (McGregor) disse: "Olha, estou ouvindo todo mundo falando dos leves. Então tá. Vamos fazer nos leves". O contrato já estava feito para os meio-médios e em defesa de Conor ele realmente não dava a mínima. Ele realmente queria isso nos meio-médios porque ele quer provar que pode bater Diaz nas mesmas condições - explicou o empresário de McGregor, em entrevista ao site MMA Fighting.

Conor McGregor enfrenta Nate Diaz na luta principal do UFC 200, dia 9 de julho, em Las Vegas (EUA). Além da revanche, o show conta com as disputas de cinturão entre José Aldo e Frankie Edgar (pelo titulo interino dos penas) e Miesha Tate x Amanda Nunes (pelo cinturão peso galo feminino).