icons.title signature.placeholder Carlos Antunes
icons.title signature.placeholder Carlos Antunes
22/08/2015
14:45

Após ter visto sua invencibilidade na carreira cair, Elias Silvério quer retomar o caminho das vitórias neste domingo, no UFC Saskatoon, diante de Shane Campbell. Em entrevista ao LANCE!, o paulista revelou o que tirou de aprendizado de derrota para Rashid Magomedov, em dezembro de 2014, e garante que está preparado para vencer novamente na organização, em que já possui três triunfos.

- Um atleta tambem perde, faz parte. Para mim foi uma experiência, só aprendi. Mas meus treinos não mudaram, melhoramos alguns erros e deu tudo certo, fiz um camp perfeito. Acredito que ele venha para cima de mim, mas em uma luta tudo pode acontecer - disse, em conversa por telefone.

O adversário do brasileiro também vem de resultado negativo. Em sua estreia no Ultimate, Campbell foi derrotado por John Makdessi, em abril deste ano. Silvério sabe que pode usar a pressão sobre os ombros do canadense, que atua em casa e ainda não ganhou na franquia, a seu favor.

- Ele com certeza vai está entrando querendo ir com tudo, por vir de derrota. Isso atrapalha em pouco, mas tem que focar. Não pode ficar nervoso, ansioso e isso atrapalha. Quando estreei, para mim era tudo um sonho, curtindo muito o momento. Mas com certeza vou poder usar um pouco desse sentimento dele a meu favor, já que tenho a experiência de já ter passado por isso - garantiu.

Sem atuar desde dezembro, Elias descartou algum problema extra para demorar tanto para voltar a lutar. Segundo ele, sua intenção era estar no evento da final do TUF Brasil 4, em junho, mas com a mudança para os Estados Unidos, teve que adiar seus planos.

- Já tinha pedido a luta, depois quando soube que teria em São Paulo, aí deu aquele rolo, mudou para os Estados Unidos. Fiquei em cima do meu empresário para lutar o quanto antes. Já estava preparado há muito tempo - completou o lutador, que tem 11 vitórias na carreira.

Após ter visto sua invencibilidade na carreira cair, Elias Silvério quer retomar o caminho das vitórias neste domingo, no UFC Saskatoon, diante de Shane Campbell. Em entrevista ao LANCE!, o paulista revelou o que tirou de aprendizado de derrota para Rashid Magomedov, em dezembro de 2014, e garante que está preparado para vencer novamente na organização, em que já possui três triunfos.

- Um atleta tambem perde, faz parte. Para mim foi uma experiência, só aprendi. Mas meus treinos não mudaram, melhoramos alguns erros e deu tudo certo, fiz um camp perfeito. Acredito que ele venha para cima de mim, mas em uma luta tudo pode acontecer - disse, em conversa por telefone.

O adversário do brasileiro também vem de resultado negativo. Em sua estreia no Ultimate, Campbell foi derrotado por John Makdessi, em abril deste ano. Silvério sabe que pode usar a pressão sobre os ombros do canadense, que atua em casa e ainda não ganhou na franquia, a seu favor.

- Ele com certeza vai está entrando querendo ir com tudo, por vir de derrota. Isso atrapalha em pouco, mas tem que focar. Não pode ficar nervoso, ansioso e isso atrapalha. Quando estreei, para mim era tudo um sonho, curtindo muito o momento. Mas com certeza vou poder usar um pouco desse sentimento dele a meu favor, já que tenho a experiência de já ter passado por isso - garantiu.

Sem atuar desde dezembro, Elias descartou algum problema extra para demorar tanto para voltar a lutar. Segundo ele, sua intenção era estar no evento da final do TUF Brasil 4, em junho, mas com a mudança para os Estados Unidos, teve que adiar seus planos.

- Já tinha pedido a luta, depois quando soube que teria em São Paulo, aí deu aquele rolo, mudou para os Estados Unidos. Fiquei em cima do meu empresário para lutar o quanto antes. Já estava preparado há muito tempo - completou o lutador, que tem 11 vitórias na carreira.