Carlos Antunes
25/01/2016
12:44
Rio de Janeiro (RJ)

A praticamente seis semanas até o confronto diante de Conor McGregor, pelo cinturão dos leves do Ultimate, no UFC 197, no dia 5 de março, Rafael Dos Anjos disparou contra o falastrão irlandês. Depois de já lidar com provocações do rival, o brasileiro não deixou barato e respondeu.

Em conversa com a imprensa em passagem pelo Rio de Janeiro, o campeão dos leves afirmou que seu adversário passa dos limites nas provocações. Segundo Dos Anjos, a missão do "Notório" é confundir os fãs e passa uma imagem ruim do esporte com essa promoção de combate.


- Ele passa dos limites o tempo todo. Questões direcionadas a mim ele responde, fala dos meus filhos, fala que não sou brasileiro. Sou campeão do peso, ele é desafiante e ele disse que sou ruim, que tenhos socos estabanados. Ele está aí para confundir a cabeça das pessoas, passar essa imagem ruim do esporte, se fantasiar como traficante, achar bonito passar isso. Não é um jeito legal de promover. (...) O cara é desequilibrado e quando chegar ali dentro, vai tomar o dele - afirmou o brasileiro.


Questionado sobre a notícia de que McGregor teria pedido para treinar na Kings MMA, fato já desmentido pelo irlandês, Rafael garantiu que não ia se opor a treinar com o oponente, mas deixou um recado.

- Lembro que rolou esse papo na academia e eu disse para vir na sexta que é o dia do sparring, mas para tomar cuidado para ele não machucar e cancelar a luta. Com certeza (iria treinar com ele), mas queria ver se ele ia aguentar. Depois (no futuro) de jeito nenhum. Não vou ser e não serei amigo dele. É meu inimigo numero um - completou o peso leve.