Luis Fernando Coutinho
14/01/2016
15:57
Las Vegas (EUA)

Em dezembro, TJ Dillashaw participou de um Media Day pré-UFC 194, em Las Vegas (EUA), onde dividiu o espaço com diversos astros da organização. Além de falar sobre a aguardada defesa de cinturão dos galos contra Dominick Cruz, que acontece neste domingo, em Boston, o americano deu sua opinião sobre Conor McGregor, atual campeão dos penas do Ultimate. 

Em conversa com o Lance!, o campeão dos galos recordou a experiência de dividir o mesmo teto com o irlandês. Dillashaw foi treinador convidado por Urijah Faber no The Ultimate Fighter 22, onde Conor foi um dos técnicos líderes do reality show. Ele também comentou o episódio onde o falastrão o acusou de ser "uma cobra na grama" para Faber.

- Conor é falso. Ele vê uma câmera desligada e vira outra pessoa. Ele é um cara legal, gente boa. Sim, ele é um cara confiante, mas uma pessoa totalmente diferente fora das luzes. Quando ele falou sobre eu ser "uma cobra na grama" ele estava tentando entrar na pele de Urijah. Em certas coisas que ele faz ele não está errado. Você tem de ganhar atenção e ficar apenas com as coisas boas que vem com isso - avaliou.

Vale lembrar que no passado TJ Dillashaw já especulou uma superluta com José Aldo, quando o brasileiro ainda era o campeão dos penas. Ele também já cogitou um duelo na divisão dos moscas contra Demetrious Johnson. Perguntado sobre qual categoria teria mais chances de recebê-lo, o americano revelou que gostaria mais de subir.

- Essa é difícil. São duas das melhores categorias do mundo, com os melhores lutadores (...) Eu provavelmente subiria. Não sou um grande peso-galo, mas subir seria melhor pra mim - explicou.

TJ Dillashaw defende o cinturão dos galos do UFC contra Dominick Cruz, neste domingo, em Boston. O show conta ainda com o duelo peso-leve entre Anthony Pettis e Eddie Alvarez.