icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/08/2015
11:21

Próxima adversária de Ronda Rousey, pelo cinturão dos galos do Ultimate, Holly Holm não vai adotar a postura da brasileira Bethe Correia, última rival da americana, que utilizou bastante as provocações para desestabilizar a atual campeã. Segundo a ex-campeã mundial de boxe, o respeito entre as duas vai prevalecer.

Em entrevista ao site "TMZ", Holm afirmou que não vai usar o "trash talk", que é quando um atleta usa das provocações. A americano deixou claro que tem respeito por "Rowdy" e tratou de elogiar sua evolução, principalmente na parte em pé.

- Não vou provocar. Tenho muito respeito pela Ronda (Rousey) por tudo que ela fez no MMA feminino e pelas mulheres. Ela mostrou que é completa, melhorou seu boxe nocauteou e deu recado a todos que é uma lutadora completa - afirmou a lutadora, que está invicta após nove lutas.

Ronda Rousey e Holly Holm vão se enfrentar dia 2 de janeiro, pelo UFC 195, que será realizado em Las Vegas (EUA). Essa será a oitava defesa de cinturão da americana, que está invicta na carreira após 12 compromissos, na maior organização de MMA do mundo.


Próxima adversária de Ronda Rousey, pelo cinturão dos galos do Ultimate, Holly Holm não vai adotar a postura da brasileira Bethe Correia, última rival da americana, que utilizou bastante as provocações para desestabilizar a atual campeã. Segundo a ex-campeã mundial de boxe, o respeito entre as duas vai prevalecer.

Em entrevista ao site "TMZ", Holm afirmou que não vai usar o "trash talk", que é quando um atleta usa das provocações. A americano deixou claro que tem respeito por "Rowdy" e tratou de elogiar sua evolução, principalmente na parte em pé.

- Não vou provocar. Tenho muito respeito pela Ronda (Rousey) por tudo que ela fez no MMA feminino e pelas mulheres. Ela mostrou que é completa, melhorou seu boxe nocauteou e deu recado a todos que é uma lutadora completa - afirmou a lutadora, que está invicta após nove lutas.

Ronda Rousey e Holly Holm vão se enfrentar dia 2 de janeiro, pelo UFC 195, que será realizado em Las Vegas (EUA). Essa será a oitava defesa de cinturão da americana, que está invicta na carreira após 12 compromissos, na maior organização de MMA do mundo.