Demian Maia

              Demian Maia tem seis vitórias seguidas no UFC, três conquistadas por finalização - (Foto: Erik Engelhart)

LANCE!
16/11/2016
10:45
Rio de Janeiro (RJ)

Embalado por seis vitórias consecutivas no UFC, Demian Maia seria o próximo desafiante natural ao cinturão dos meio-médios. No entanto, no último sábado (12), em Nova York (EUA), o campeão Tyron Woodley manteve o cinturão com um empate contra Stephen Thompson e Dana White declarou que uma revanche será inevitável.

Aos 39 anos de idade, Demian Maia sabe que não tem mais tempo a perder dentro da organização e, em uma rápida conversa com Dana White, se sentiu mais seguro com as palavras do presidente do UFC, conforme revelou em entrevista ao "MMA Fighting".

- Falei rapidamente com Dana White. Disse a Dana: ‘Não se esqueça de mim. Eu estou aqui. Sou o próximo.’ Ele me disse ‘não se preocupe, ninguém vai te esquecer.’ Foi um bom sinal'. Dana disse que provavelmente fará a revanche, mas, ao mesmo tempo, ele disse que eu sou o próximo da fila. Dana disse que eu poderia ou esperar, ou lutar antes de ter a chance. Ainda preciso ver. Provavelmente vou esperar, mas não sei. Primeiro preciso ver se a revanche vai acontecer, quando vai acontecer. Sei que posso vencer todos na minha categoria, mas e se eu tomar um soco, cair e perder a luta? O que vai acontecer? - questionou.

Número 3 no ranking dos meio-médios, Demian Maia não compete desde agosto deste ano, quando finalizou o ex-campeão interino do UFC, com um mata-leão ainda no primeiro round.