LANCE!
14/04/2016
10:02
Rio de Janeiro (RJ)

Campeão dos meio-pesados, Daniel Cormier faria sua primeira defesa de cinturão diante de seu único algoz na carreira, o rival Jon Jones, em luta que aconteceria em 23 de abril, pelo UFC 197, mas uma lesão acabou tirando DC do confronto. Ovince St. Preux entrou no lugar do campeão e disputará o cinturão interino contra Bones.

Apesar de não ter uma boa convivência com Jon Jones, Cormier admitiu que o adversário é o melhor lutador que já existiu e que não sabe como batê-lo, conforme revelou em entrevista a “Fox Sports”.

- Ele é o maior lutador que já pôs um par de luvas. Esse cara é muito duro para ser batido pelo Ovince. Será uma missão muito difícil para ele - disse Daniel.

Cormier chegou a se oferecer para treinar St. Preux para a luta contra Jon Jones, na academia AKA, mas assumiu que nem mesmo ele sabe qual seria uma estratégia boa para bater o ex-campeão.

- Eu não posso ajudá-lo a bater Jones, porque eu não sei como bater Jones, eu não fiz isso. Eu apenas posso me preparar da melhor maneira possível para tentar vencê-lo. Como eu disse, eu não superei Jones na primeira vez, então não tenho alguma dica para dar a Ovince, mas eu poderia tentar ajudar, porque só de estar com o St. Preux, eu aborreceria Jones - completou. 

Jon Jones fez sua oitava defesa de cinturão diante de Daniel Cormier, em janeiro de 2015 e levou a melhor na decisão unânime dos juízes. O campeão acabou tendo seu cinturão cassado após ter problemas com a justiça americana e DC conquistou o título vago ao bater Anthony Johnson por finalização e defendeu diante de Alexander Gustafsson com vitória na decisão.