LANCE!
15/11/2016
13:31
Nova York (EUA)

Se para Conor McGregor o UFC 205 representou uma noite memorável, para Miesha Tate foi o oposto. Depois de perder para Raquel Pennington por decisão, a ex-campeã anunciou sua aposentadoria do MMA. E para completar ainda teve uma discussão com o presidente do UFC Dana White nos bastidores do evento.

Segundo revelou o dirigente, após o evento, uma discussão com a americana acabou deixando o clima tenso entre os dois. Enquanto Dana estava preocupado em fazer Tate cumprir os compromissos junto a comissão atlética de ir direto para o hospital ser avaliada, a lutadora fez um desabafo dizendo que não trabalhava mais para ele, uma vez que anunciou sua aposentadoria.

- Nós tivemos uma pequena coisa essa noite, ela estava se recusando a ir ao hospital, e eu disse ‘você vai para o hospital’, ela então respondeu ‘vá se f..., não trabalho mais para você’. Eu fiquei tipo: "Esse é um bom ponto, mas você precisa ir para o hospital. Em determinado momento, tive de começar a implorar. Ela então se foi, precisava ir - explicou o dirigente.

Miesha Tate foi superada por Raquel Pennington na decisão dos juízes e anunciou sua aposentadoria do esporte aos 30 anos. Ela soma 18 vitórias e sete derrotas em sua trajetória no MMA.