icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/08/2015
15:15

Este fim de ano promete fortes emoções para os fãs do Ultimate. A organização confirmou mais uma disputa de cinturão nos últimos meses de 2015. Através do seu Twitter pessoal, o presidente da franquia Dana White, anunciou Robbie Lawler e Carlos Condit, pelo título dos meio-médios, na luta principal do UFC 193, que será realizado no dia 15 de novembro, em Melbourne (AUS), no estádio de futebol Etihad Stadium, com capacidade para mais de 56 mil pessoas.

Robbie Lawler não atua desde julho deste ano, quando fez uma batalha de cinco rounds diante de Rory MacDonald em que saiu vitorioso por nocaute técnico. Já Carlos Condit lutou a última vez em maio, no UFC Goiânia e bateu Thiago Alves, também por nocaute técnico.

Outro combate que também foi confirmado de forma oficialmente no evento foi entre Antonio Pezão e Mark Hunt, como o LANCE! já havia antecipado. Os lutadores se enfrentaram no dia 6 de dezembro de 2013, também na Austrália, mas na cidade de Brisbane. Na ocasião, os lutadores protagonizaram uma batalha histórica de cinco rounds que terminou empatada e foi considerada por Dana White, presidente do evento, como "a maior luta da história dos pesados do UFC". Semanas depois, porém, Pezão foi pego no doping por excesso de testosterona no organismo. Ele foi suspenso por nove meses e o duelo com Hunt foi revertido para um No Contest "Luta Sem Resultado".



Este fim de ano promete fortes emoções para os fãs do Ultimate. A organização confirmou mais uma disputa de cinturão nos últimos meses de 2015. Através do seu Twitter pessoal, o presidente da franquia Dana White, anunciou Robbie Lawler e Carlos Condit, pelo título dos meio-médios, na luta principal do UFC 193, que será realizado no dia 15 de novembro, em Melbourne (AUS), no estádio de futebol Etihad Stadium, com capacidade para mais de 56 mil pessoas.

Robbie Lawler não atua desde julho deste ano, quando fez uma batalha de cinco rounds diante de Rory MacDonald em que saiu vitorioso por nocaute técnico. Já Carlos Condit lutou a última vez em maio, no UFC Goiânia e bateu Thiago Alves, também por nocaute técnico.

Outro combate que também foi confirmado de forma oficialmente no evento foi entre Antonio Pezão e Mark Hunt, como o LANCE! já havia antecipado. Os lutadores se enfrentaram no dia 6 de dezembro de 2013, também na Austrália, mas na cidade de Brisbane. Na ocasião, os lutadores protagonizaram uma batalha histórica de cinco rounds que terminou empatada e foi considerada por Dana White, presidente do evento, como "a maior luta da história dos pesados do UFC". Semanas depois, porém, Pezão foi pego no doping por excesso de testosterona no organismo. Ele foi suspenso por nove meses e o duelo com Hunt foi revertido para um No Contest "Luta Sem Resultado".