(Foto: UFC)

O brasileiro Alex Cowboy finalizou o americano Condit com uma guilhotina no segundo round de luta (Foto: UFC)

TATAME
16/04/2018
12:28
Rio de Janeiro (RJ)

Realizado no último sábado (14), em Glendale, nos Estados Unidos, o UFC on Fox 29 teve como grande destaque o peso-leve Dustin Poirier, que em confronto repleto de bons momentos na trocação, derrotou Justin Gaethje por nocaute técnico no quarto round e chegou à sua quarta luta sem perder na organização (três vitórias e um “No Contest”). Logo depois do grande triunfo contra Gaethje, Poirier deixou bem claro que uma disputa de título nos leves está nos seus planos em breve.

Questionado sobre a declaração de Dustin, Dana White, presidente do Ultimate, elogiou a atuação do americano contra Gaethje e, além de afirmar que Poirier pode ser um possível desafiante ao cinturão de Khabib Nurmagomedov futuramente, revelou que o lutador foi um dos atletas que se mostrou disponível para enfrentar o russo após a série de mudanças em torno dos adversários de Khabib para o UFC 223.

- Foi algo impressionante (a luta entre Poirier e Gaethje). Gaethje é um cara muito respeitado na divisão, muito duro. Foi uma grande noite. Poirier é, definitivamente, um possível desafiante, ele é um dos caras que me ligou semana passada para pegar a luta (contra Khabib Nurmagomedov). Graças a Deus eu não fiz isso - disse Dana, em entrevista a Fox Sports.

Outro lutador elogiado pelo “Big Boss” foi Alex Cowboy. O brasileiro também lutou no card do UFC Glendale e aceitou enfrentar Carlos Condit faltando cerca de duas semanas para o duelo, substituindo o lesionado Matt Brown. Na luta, o atleta teve grande atuação e finalizou o americano no segundo round.

- Cowboy é sempre duro, eu fiquei surpreso pelo jogo dele no chão, Carlos (Condit) também tem um bom chão. Ele (Alex Cowboy) ganhou a ‘Performance da Noite’, finalizar o Carlos é algo grandioso. Parabéns para ele - destacou.

Quer ficar por dentro do mundo da luta? Clique e acesse o site da TATAME!