LANCE!
17/10/2017
17:05
Rio de Janeiro (RJ)

Durante sua incansável campanha para enfrentar Holly Holm no UFC 219, dia 30 de dezembro, em Las Vegas (EUA), Cris Cyborg reclamou dos inúmeros testes antidoping pelos quais tem sido submetida nas últimas semanas. Mas depois de pedir o mesmo tratamento a americana, a brasileira teve de lidar com uma resposta que comprova um exagero em sua reclamação.

Nesta semana, Cyborg publicou em sua conta no Instagram um texto onde pede que a Usada (Agência Antidoping dos Estados Unidos) seja rigorosa com Holm, e fala em perseguição.

- Está claro que Usada está me perseguindo. Fui testada três vezes em menos de um mês apesar de não ter assinado um contrato para lutar ainda. Sou uma atleta limpa e apoio os testes da USADA, pois me dá a chance de provar aos meus fãs que estou competindo limpa. Com isso dito, quero ter certeza de que a Holly Holm está sendo testada com o mesmo número de testes para a nossa luta principal no UFC 219. Se eles aparecem na minha casa às 6h, então eu quero que eles apareçam na casa de Holly Holm às 6h na mesma quantidade de vezes! JacksonWink MMA teve mais atletas do que qualquer outra academia de MMA suspensos pela USADA e, por isso, quero uma garantia de que ambos os atletas serão testados na mesma quantidade de vezes entre agora e nossa luta em 30 de dezembro - escreveu a brasileira.

It's clear #usada is targeting me. I have been tested 3 times in less than a month even though I don't have a signed bout agreement. I am a clean athlete and support USADA Testing as it gives me a chance to prove to my fans I am competing clean. With that said, I want to make sure Holly Holm is being tested with the same number of tests leading up to our #ufc219 main event. If they show up at my house at 6am then I want them to show up at Holly Holm's house at 6am the same amount of times!!! @JacksonWink_MMA has had more athletes than any other gym in MMA suspended by USADA and because of this I want a guarantee that both Athletes will be tested the same amount of times between now and our fight Dec. 30th!!! 🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷 Está claro que #usadaantidoping está me direcionando. Fui testado 3 vezes em menos de um mês apesar de não ter concluído um contrato de combate ainda. Eu sou um atleta limpo e apoio o teste USADA, pois me dá a chance de provar aos meus fãs. Estou competindo. Com isso dito, quero certificar-me de que Holly Holm está sendo testada com o mesmo número de testes que levaram ao nosso principal evento #CyborgVHolm Se eles aparecerem na minha casa às 6h, então eu quero que eles apareçam na casa de Holly Holm às 6h na mesma quantidade de vezes !!! JacksonWink MMA teve mais atletas do que qualquer outro ginásio em MMA suspenso pela USADA e por isso quero uma garantia de que ambos os atletas serão testados na mesma quantidade de vezes entre agora e nossa luta 30 de dezembro !!!

Uma publicação compartilhada por CRIS CYBORG 🇧🇷★ #ufc219 (@criscyborg) em


Como resposta, Holm também recorreu ao Instagram e além de publicar um vídeo com uma mensagem divulgou um print da lista de testes que está disponível no site oficial da Usada, onde mostra que foi testada nove vezes na temporada, uma a mais que Cris Cyborg, que passou por oito testes.

- Aparentemente houve um pequeno drama hoje, porque USADA foi até a casa da Cyborg. Sei que esse tem sido um tópico em suas redes sociais e eu não ligo. Ela está tentando promover suas lutas. Mas vamos falar a verdade por um minuto. Ela disse que está sendo testada pela USADA e que eu não estaria sendo testada tanto quanto ela. Mas ela provavelmente deveria olhar os números na página da Usada e ver que eu fui testada nove vezes, comparando com as oito dela. Não estou em uma corrida, eu não ligo, apenas sei que me mantenho limpa e eles me testam o tempo todo. Eu apenas não preciso de aplausos por passar no meu teste. Vou passar o meu tempo treinando e ela pode continuar reclamando, fazendo falsas acusações e falsos memes - rebateu Holm.

I've actually just wasted a minute of my life on this video.

Uma publicação compartilhada por Holly Holm (@hollyholm) em


Apesar da polêmica, Cris Cyborg e Holly Holm não estão confirmadas para o UFC 219, dia 30 de dezembro, em Las Vegas (EUA). A brasileira tem feito campanha pelo combate nas redes sociais há alguns meses.