Luis Fernando Coutinho
03/02/2016
11:13
Rio de Janeiro (RJ)

Poucas pessoas no mundo conhecem o astro Conor McGregor como Artem Lobov. Companheiro de treinos do irlandês campeão dos penas do UFC, o lutador volta ao octógono neste sábado, contra Alex White, pelo UFC Fight Night, em Las Vegas (EUA). E não à toa sua maior inspiração no mundo das lutas é o amigo notório.

Em entrevista ao Lance!, Lobov revelou seu sentimento ao fazer parte da equipe de McGregor e analisou a experiência de acompanhar o sucesso do companheiro de treinos.

- É inacreditável (treinar com McGregor). É comum ouvir diversos lutadores dizendo que estão treinando com os melhores, ou que alguém especial participou do seu treinamento.... Mas a verdade é que eu (!) estou treinando com o melhor do mundo diariamente, e isso aumenta muito a minha confiança - declarou o peso-pena.  

Antes do UFC 194, quando McGregor nocauteou José Aldo em apenas 13 segundos, Artem lutou pelo TUF Finale 22, na véspera, e acabou derrotado. Nada que abalasse o lutador, que antes do duelo já havia previsto um atropelo do amigo contra o brasileiro.
 
- Eu sabia que seria rápido porque lembro do Conor falando que seria em 4 minutos, eu disse que seria antes disso pela agressividade que o Aldo ia impor na luta, ele viria com tudo para cima do Conor. Não esperava que o nocaute saísse em segundos, mas eu sabia que seria no primeiro round.

Confira um bate-papo com Artem Lobov

Que tipo de mensagem você acha que o nocaute do McGregor contra o José Aldo no UFC 194 passou aos fãs?
Foi uma mensagem impressionante. Aldo estava há dez anos invicto, sem ser nocauteado. E o Conor mostrou ao mundo quem é o melhor. 

Qual você acha que é a maior arma de Conor contra os rivais? Jogo mental, confiança, técnicas, velocidade...? 
Tudo isso com certeza o transforma num oponente perigoso, mas o principal do Conor é a sua habilidade. Mesmo que você tire tudo isso dele e Conor tivesse “apenas” a sua habilidade, ele ainda seria perigoso.

Qual sua previsão para McGregor x Dos Anjos?
Dos Anjos é muito agressivo, ele gosta de ir para frente. Outro que também tem essa característica é o José Aldo, e a luta não terminou bem para ele, então acredito que o resultado será o mesmo contra o Rafael.