LANCE!
15/12/2016
11:50
Rio de Janeiro (RJ)

Com pouco mais de duas semanas para o fim de 2016, o Combate já está de olho no UFC 207, evento que fecha o calendário da organização no dia 30 de dezembro. E para começar a aquecer o fã de MMA, que confere todas as lutas do card ao vivo e com exclusividade, o Combate Play liberou os melhores momentos de Fabrício Werdum na organização.

Ex-campeão dos pesos pesados, Werdum encara Cain Velasquez, em revanche da luta no qual conquistou o cinturão da divisão. Para relembrar a trajetória do brasileiro no Ultimate, o Combate Play traz a primeira vitória do faixa-preta de Jiu-Jitsu na organização, sobre o compatriota Gabriel Napão, no UFC 80, em janeiro de 2008. Na ocasião, Werdum desbancou Napão por nocaute técnico no segundo assalto.  
> http://globosatplay.globo.com/combate/lutadores/fabricio-werdum/v/ufc-80-fabricio-werdum-x-gabriel-gonzaga/2395028/ 

Ainda em 2008, no mês de outubro, Werdum encarou o estreante Junior Cigano, e acabou derrotado por nocaute no UFC 90. Após a luta, Fabricio foi desligado da organização.
>  http://globosatplay.globo.com/combate/lutadores/fabricio-werdum/v/ufc-90-junior-cigano-x-fabricio-werdum/2391285/ 

O brasileiro não esmaeceu. Após se reerguer no Strikeforce, Werdum foi recontratado pelo Ultimate, em 2012, e foi escalado para encarar Roy Nelson em sua reestreia. Após luta duríssima, Werdum venceu na decisão dos jurados, no UFC 143.
> http://globosatplay.globo.com/combate/lutadores/fabricio-werdum/v/ufc-143-fabricio-werdum-x-roy-nelson/2572481/

No ano seguinte, Fabricio teve a chance de se estabelecer de vez como um nome de peso na organização. Seu adversário foi Rodrigo Minotauro, em evento que fechou a segunda edição do "TUF Brasil", no mês de junho. Para vencer, Werdum conseguiu a façanha de finalizar um dos maiores atletas do Jiu-Jitsu no MMA, com um armlock.
>  http://globosatplay.globo.com/combate/lutadores/fabricio-werdum/v/tuf-brasil-2-finale-rodrigo-minotauro-x-fabricio-werdum/2624464/

Em seu melhor momento na carreira, Werdum fora então designado a encarar o nocauteador Mark Hunt, em duelo válido pelo cinturão interino dos pesos pesados. Mesmo com forte base no jogo de solo, o brasileiro não se amedrontou com as mão poderosas de Hunt, partiu para cima e nocauteou o neo-zelandês, no UFC 180, em novembro de 2014.
> http://globosatplay.globo.com/combate/lutadores/fabricio-werdum/v/ufc-180-fabricio-werdum-x-mark-hunt/3768827/ 

Após conquistar o título interino, era chegada a hora de encarar o campeão Cain Velasquez. O evento, realizado no México, coroou o brasileiro como campeão mundial dos pesos pesados, após finalizar o temido Velasquez com uma justa guilhotina, no UFC 188, em junho de 2015.
>  http://globosatplay.globo.com/combate/lutadores/fabricio-werdum/v/ufc-188-cain-velasquez-x-fabricio-werdum/4251968/ )