Chael Sonnen marcou presença nos bastidores do UFC 200, em Las Vegas (FOTO: Luis Fernando Coutinho)

Chael Sonnen marcou presença nos bastidores do UFC 200, em Las Vegas (FOTO: Luis Fernando Coutinho)

Luis Fernando Coutinho
08/07/2016
10:20
Las Vegas (EUA)

O novo caso de doping de Jon Jones surpreendeu muitas personalidades do mundo das lutas. E uma delas foi Chael Sonnen. O falastrão, aposentado do mundo das lutas, esteve presente na coletiva de imprensa conduzida por Jones para explicar a saída do UFC 200 após o flagrante anunciado pela Usada (Agência Antidoping dos Estados Unidos). Em entrevista ao LANCE!, ele falou sobre a bomba envolvendo Jones.

ASSISTA AO UFC 200 AO VIVO


Aposentado desde 2014, o ex-lutador agora tem um podcast na internet, além de trabalhar como comentarista no canal ESPN americano. 'Surpreso' com a notícia envolvendo Jones, Chael deu um conselho para o americano após assistir de perto os comentários de Jones negando o uso de substâncias proibidas de forma consciente.

- Eu fiquei muito surpreso. Nunca imaginava que isso fosse acontecer. Quando você é pego, o melhor a se fazer é admitir: 'Eles me pegaram'. Você precisa sair limpo, isso precisa acontecer. É um problema hoje, mas no futuro verão que era algo que deveria ter acontecido. Diga "fui pego" e deixe dessa forma. Não (acredito em Jones). A Usada é à prova de balas. Na história da Usada, eles jamais estiveram errados. Essa é a realidade. A contraprova nunca volta diferente. Se a Usada diz que está no seu organismo, está no seu organismo. Caras podem fazer o que quiserem para dar o entendimento de que não sabem as regras, mas as regras são complicadas. Muito mais complicadas do que a mídia imagina. Existem dúvidas de como isso chega no sistema do atleta. As substâncias que ele foi acusado estavam em seu organismo? Absolutamente - decretou Sonnen.

A respeito do futuro de Jon Jones no MMA, caso o lutador seja punido pela comissão atlética, Chael também tem uma opinião direta. Para o ex-astro do Ultimate, Jones deveria lutar por outra organização, já que a Usada é uma agência que conduz um programa antidoping junto ao UFC e não é uma comissão regulamentadora da modalidade. Acho que ele receberá uma punição de dois anos da Usada. Ele poderia pedir um desligamento do UFC e lutar em outra organização. A Usada não é regulamentadora. Isso é mal compreendido por muitas pessoas. Ela é apenas uma base de política. Jon Jones poderia lutar em Nevada nesta noite, agora mesmo, mas com em uma organização diferente. Ele pode lutar no estado que quiser, inclusive Nevada. A Usada não é regulamentadora, ela é uma base de política de conduta - afirmou o americano. 

De fato, a Usada é uma agência bastante respeitada nos Estados Unidos no combate ao doping, mas não é uma organização regulamentadora do esporte. Caso Jones seja punido e queira lutar por outra organização que não seja afiliada a Usada, o americano poderia voltar a lutar o quanto antes.

- A Usada está fazendo o trabalho deles. Eles são bons e efetivos. Esse é o principal. Sempre existe conversa sobre o que está ou não na lista (de substâncias proibidas). Eles estão fazendo o trabalho deles. Jones, apenas volte o mais limpo e o mais rápido que puder" - concluiu.