Luis Fernando Coutinho
08/11/2015
03:05
São Paulo (SP)

O card principal do UFC São Paulo, que aconteceu neste sábado, no ginásio do Ibirapuera, começou com a apresentação de nomes expressivos do país no octógono. Apesar das derotas de Fabio Maldonado e Gilbert Durinho, Thomas Almeida e Alex Cowboy levantaram o público com performances arrasadoras e nocautearam seus rivais.  

Tido como a maior promessa do Brasil no UFC na atualidade, Thomas Almeida correspondeu às expectativas colocadas em seus ombros. Lutando em casa, o paulista conseguiu mais uma apresentação técnica e de trocação afiada para conquistar um nocaute brutal contra Anthony Birchak.

Depois de começar a luta com estudo, esperando os ataques do rival, o brasileiro chegou a ser acertado algumas vezes, resistiu com tranquilidade, encontrou a distância e encaixou seu conhecido jogo de muay thai para nocautear Birchak aos 4m24seg do primeiro round.

- É um oportunidade única poder lutar na minha cidade. Estou amarradão, crescendo na minha carreira. Treinei bastante todas as áreas. O plano era esperar e sentir o jogo dele e quando estivesse confortável acertá-lo. Enfrento quem o UFC mandar agora. Estou aqui para ser um dos melhores - declarou o peso-galo, logo após o triunfo. 

Cowboy brilha com nocaute
Fazendo sua quarta luta pelo UFC desde que estreou, em março deste ano, Alex Cowboy sacudiu o público com uma performance espetacular. O brasileiro usou sua envergadura para dominar Piotr Hallmann até conquistar o nocaute aos 51 segundos do terceiro round. O carioca agora emplaca três vitórias consecutivas na organização.


- Temos de deixar uma energia para mais tarde, temos de ter uma carta na manga. É minha primeira vez lutando em São Paulo e estou muito feliz - declarou o lutador peso-leve, logo após a vitória.

Durinho perde a primeira no UFC
Em duelo entre duas promessas da categoria dos leves do UFC, Gilbert Durinho parou na técnica de Rashid Magomedov. O russo conseguiu evitar o jogo de chão do brasileiro e trabalhar bem a trocação na distância, abalando o carioca por diversas vezes. Depois de três rouns movimentados, Magomedov conseguiu a vitória na decisão unânime dos juízes.

Anderson domina Maldonado com facilidade
A primeira luta do card principal do UFC São Paulo contou com Fabio Maldonado contra Corey Anderson. Ciente da trocação afiada do brasileiro, o americano investiu nas derrubadas para minar o rival batendo por cima desde o início e assim levou o confronto até o fim, conquistando o triunfo na decisão unânime dos juízes.