Holly Holm venceu em quatro categorias: "Melhor lutadora", "Melhor nocaute", "Maior zebra" e "Revelação"

Holly Holm nocauteou Ronda e  sagrou-se campeã dos galos, mas perdeu o título para Miesha - (FOTO: Reprodução)

LANCE!
20/05/2016
14:13
Rio de Janeiro (RJ)

Ex-campeã peso-galo do UFC, Holly Holm está disposta a fazer o que Ronda Rousey se negou durante anos: subir de peso e encarar a campeã do Invicta, Cris Cyborg, em um peso combinado.

Em entrevista ao “120 Sports”, Holm explicou o motivo que a levou a negar uma luta contra a paranaense, em um breve passado, e se mostrou animada para enfrentar a maior lutadora de MMA do planeta.

- O UFC ofereceu a luta, é verdade, mas eu estava focada em ver se teria a revanche pelo cinturão. Não é que eu não queria lutar com Cyborg, só não era a hora certa. Já lutei em três categorias diferentes no boxe, então não me oponho em lutar com 63.kg. Mas seria uma opção para o futuro. Estou muito feliz ela sua vitória, pois gosto muito dela, é uma ótima garota - disse Holm.

Cris Cyborg estreou no UFC, no último sábado (14), em Curitiba (PR), quando nocauteou a americana Leslie Smith em apenas 81 segundos, em um peso combinado até 63.5kg.

Cyborg revelou que seu próximo combate será em defesa do cinturão dos penas do Invicta,  provavelmente em 29 de julho. Já Holm, tem luta agendada contra Valentina Shevchenko, no dia 23 de julho pelo UFC.

O Invicta e o UFC são organizações parceiras, por isso a possibilidade da brasileira Cris Cyborg lutar em ambas.