LANCE!
30/05/2016
02:04
Las Vegas (EUA)

A noite foi péssima para o Brasil no UFC Fight Night ocorrido em Las Vegas, neste domingo. Os quatro atletas tupiniquins que entraram em ação no show saíram derrotados. Thomas Almeida, Renan Barão, Vitor Miranda e Alberto Uda saíram do octógono com uma derrota no cartel.

Protagonista da luta principal do show contra Garbrandt, Thominhas não manteve o brilho das últimas apresentações e acabou nocauteado de forma arrasadora pelo rival americano. O paulista teve dificuldades para encontrar a distância diante de um adversário mais alto e com braços mais longos. Depois de sofrer golpes com o boxe afiado de Cody, Almeida levou uma combinação poderosa que o fez cair no octógono abalado aos 2m53seg do primeiro round.


Foi a nona vitória da carreira invicta de Garbrandt, que deve subir no ranking da categoria dos galos. O americano é membro da Team Alpha Male e agora tem quatro triunfos no Ultimate. Já Thomas Almeida conheceu a primeira derrota da carreira. O brasileiro agora soma 21 vitórias e uma derrota em sua trajetória no MMA.

Barão perde em estreia nos penas
Apesar de ter feito uma estreia animadora a divisão dos penas, o potiguar Renan Barão foi superado por Jeremy Stephens. Mais à vontade e solto do que em suas últimas lutas, o brasileiro mostrou agressividade e foi bem no primeiro assalto, mas teve o ímpeto diminuído nos rounds seguintes em um confronto franco que acabou na vitória de Stephens na decisão unânime dos juíze.

Vitor Miranda sai derrotado
Outro brasileiro a se apresentar no UFC deste domingo foi Vitor Miranda. O lutador encarou Chris Camozzi pela divisão dos médios e acabou dominado por três rounds. Com uma estratégia bem traçada e eficiente, onde investiu nas derrubadas, Camozzi controlou as ações, apresentou um volume maior de luta e venceu na decisão unânime dos juízes.