Bethe

               Bethe Correia vem de duas derrotas consecutivas dentro do Ultimate - (Foto: Erik Engelhart)

LANCE!
07/09/2016
14:58
Rio de Janeiro (RJ)

A estreante Lina Lansberg será a próxima oponente de Cris Cyborg no UFC, em luta que acontece no dia 24 de setembro, em Brasília. Se existem muitas meninas que não gostam nenhum pouco da ideia de enfrentar a melhor lutadora do planeta, tem uma brasileira que garante que aceitaria a oportunidade.

Trata-se de Bethe Correia, que não luta desde abril desse ano, quando acabou derrotada por Raquel Pennington, acumulando a segunda derrota consecutiva no UFC.

Em entrevista ao portal "MMA Fighting", a ex-desafiante dos galos do UFC garantiu que a compatriota não lhe assusta e que a enfrentaria em um peso combinado.

- Não vejo nenhuma desvantagem em lutar contra a Cyborg. Sei que sou capaz de vencê-la. Ela não é um alienígena ou algo que eu precise correr ou ficar assustada. Eu a respeito, mas ficaria feliz de lutar com ela. Eu nunca recusaria uma chance de enfrentá-la. Se me colocaram contra ela após o UFC 203, eu estou dentro - disse Bethe.

Mas antes de pensar em Cyborg, Bethe Correia enfrenta Jessica Eye neste sábado (10), em Cleveland (EUA), em busca da redenção, após sofrer a segunda derrota consecutiva dentro da organização americana.