Vitor Belfort nocauteou Dan Henderson no primeiro round (FOTO: William Lucas/Inovafoto)

                       Vitor Belfort nocauteou Dan Henderson no primeiro round (FOTO: William Lucas/Inovafoto)

LANCE!
10/11/2015
10:12
Rio de Janeiro (RJ)

Passado o UFC São Paulo, realizado no último sábado, a CABMMA (Comissão Atlética Brasileira de MMA) divulgou as suspensões médios dos atletas participantes do evento. Após análises das equipes médicas, Vitor Belfort, Glover Teixeira e Thomas Almeida, que venceram seus desafios por nocaute no show, estão livres para voltar a lutar em apenas duas semanas por não terem sofrido danos físicos.

Quatro lutadores estão com suspeitas de fraturas e podem ficar até seis meses longe do octógono. O brasileiro Kevin Souza tem uma suspeita de fratura na mão direita. Já Pedro Munhoz, pode ter fraturado o osso orbital da face. Gasan Umalatov, Piotr Hallmann e Johny Case serão liberados da suspensão de seis meses apenas se apresentarem raio-x comprovando que não constam uma fratura na mão direita, fratura nasal e uma lesão na perna direita, respectivamente.

Confira as suspensões médicos - Tempo sem lutar / Tempo sem contato físico
Vitor Belfort - 14 dias / 7 dias
Dan Henderson - 45/30
Glover Teixeira - 14/7
Patrick Cummins - 60/45
Thomas Almeida - 14/7
Anthony Birchak - 60/45
Alex Cowboy - 14/7
Piotr Hallmann - 180 dias ou até a liberação de um especialista (existe a suspeita de fratura nasal)
Rashid Magomedov 14/7
Gilbert Durinho - 14/7
Corey Anderson 14/7
Fábio Maldonado - 30/21
Thiago Tavares 14/7
Clay Guida - 14/7
Gleison Tibau - 14/7
Abel Trujillo 14/7
Matheus Nicolau - 14/7
Jimmie Rivera - 30/21
Gasan Umalatov - 180 dias de suspensão ou até ser liberado com raio-x da mão direita; se liberado, 30/21
Chas Skelly - 30/21
Johny Case - 180 dias de suspensão ou até ser liberado com raio-x perna direita; se liberado, 30/21
Bruno Korea - 30/21
Pedro Munhoz - 180 dias de suspensão ou até liberação de um especialista (suspeita de fratura do osso orbital da face)
Viscardi Andrade - 14/7
Kevin Souza - 180 dias de suspensão ou até ser liberado com raio-x da mão direita; se liberado, 30/21
Yan Cabral - 45/30