LANCE!
29/10/2016
09:26
Rio de Janeiro (RJ)

Uma brincadeira (ou protesto, segundo o próprio) de Fabricio Werdum durante a semana rendeu um prejuízo ao ex-campeão dos pesados do UFC. Depois de publicar na internet uma montagem onde troca o patrocínio da Reebok pela Nike em sua camisa e anunciar um protesto contra a marca patrocinadora do UFC, o brasileiro foi retirado do posto de comentarista das transmissões do UFC Network na América Latina.

Em vídeo publicado na internet, Werdum explicou que não recebeu multa alguma da Reebok, mas que acabou sendo demitido da posição de comentarista nas transmissões dos eventos geradas para a América Latina.

- Não aconteceu nada porque não tenho contrato com a Reebok no dia a dia. Só preciso usar Reebok na semana da luta. Mas não acho justo porque antes eu ganhava 100, 150, 180, até US$ 200 mil por luta. Agora nós só ganhamos US$ 5 mil por luta. Eu não acho justo depois de 20 anos como lutador de MMA... Estou aqui para protestar. Não levei multa, mas me tiraram das transmissões do UFC como comentarista na América Latina. Achei um absurdo isso e queria que vocês ficassem sabendo - declarou o campeão dos pesados do UFC.

Fabricio Werdum se refere ao veto que a Reebok faz a patrocinadores na semana da luta. Contratos de exposição não podem ser mais honrados durante a semana da luta, o que fez com que muitos atletas perdessem dinheiro.