Dominick Cruz venceu TJ Dillashaw no UFC Boston (FOTO: Reprodução)

Dominick Cruz foi superado por Cody Garbrandt na co-luta principal do UFC 207 (FOTO: Reprodução)

LANCE!
02/01/2017
12:45
Rio de Janeiro (RJ)

Depois de ser destronado na categoria dos galos pelo jovem talento Cody Garbrandt e perder o título, aos 31 anos, Dominick Cruz descarta aposentadoria. Segundo ele, a derrota para o rival no UFC 207, ocorrido na última sexta-feira, foi apenas um tropeço na carreira. 

Em coletiva de imprensa após a luta, Cruz desconversou sobre o assunto aposentadoria e rasgou elogios ao novo campeão da categoria dos galos.

- Não estou velho, não vou me aposentar. Fiz uma boa luta, e sei que, se andasse um pouco para trás, talvez levasse alguma vantagem. A luta ficaria mais travada... E quem quer ver uma luta assim? Cody é um lutador que sabe e quer lutar, e isso faz muita diferença. A semelhança com a minha última derrota, há quase dez anos, são as dores no joelho. Vai doer por algum tempo, mas vai passar - afirmou o americano, que enfrentou por quase três anos uma série de lesões no joelho.

Dominick Cruz foi superado por Cody Garbrandt na disputa de cinturão dos galos ocorrida na co-luta principal do UFC 207, em Las Vegas (EUA). Cruz estava há quase dez anos sem saber o que era perder. Já Cody, agora soma um cartel perfeito de 11 vitórias em 11 lutas na carreira.