Urijah Faber enfrentou Dominick Cruz no UFC 199

Faber, à esquerda, não foi páreo para o jogo do campeão Dominick Cruz (FOTO: UFC)

LANCE!
05/06/2016
12:29
Inglewood (EUA)

Um dos pioneiros das categorias mais leves, Urijah Faber falou pela primeira vez sobre aposentadoria, ao perder mais uma luta de título, desta vez para o rival Dominick Cruz, em luta válida pelo cinturão dos galos no UFC 199.

Faber, de 37 anos, chegou à sua quarta chance de cinta no Ultimate e se tornou o primeiro lutador a perder quatro title shots seguidos - além da derrota para Cruz no UFC 199, ele perdeu duas vezes para Renan Barão (no UFC 149, pelo cinturão interino, e no UFC 169 já pelo título linear), além de uma derrota no UFC 132, também para o atual campeão.

 - Eu amo o que faço. Quero voltar para casa e ver o que fiz de errado e analisar minha situação. Estou há 13 anos lutando, mas vou pensar sobre isso (se aposentar). Tem sido um grande sonho para mim.

Apesar da intensa rivalidade com o campeão Dominick Cruz (os dois se bicam desde 2007, quando lutaram pela primeira vez, ainda no WEC), Faber admitiu a superioridade do adversário e o elogiou:

 - Parabéns ao Cruz, ele foi melhor do que eu hoje. Mostrou também que tem a mão pesada, me derrubou duas vezes. Não tem a mão tão pesada quanto a do meu parceiro Cody No Love (Cody Grabrandt), mas mostrou novas coisas hoje. Parabéns a ele.

Urijah Faber chegou a ser campeão peso-pena do extinto WEC, e defendeu seu título algumas vezes (inclusive contra o arquirrival Dominick Cruz). Após perder o título para Mike Thomas Brown e ser derrotado por José Aldo, Faber baixou para o peso-galo, mas não conseguiu um novo cinturão.