LANCE!
08/12/2016
16:22
Rio de Janeiro (RJ)

Depois de protagonizar uma cena inusitada onde chutou o árbitro Big John McCarthy, irritado após sua luta no UFC Brasília, em setembro, Roy Nelson acabou suspenso por nove meses pelo STDJ do MMA. Mas um pedido público de desculpas conduzido pelo peso-pesado diminuiu sua pena para seis meses. Segundo o comunicado, Nelson poderá voltar a lutar em março.

Segundo comunicado enviado pela CABMMA (Comissão Atlética Brasileira de MMA), as desculpas de Nelson foram aceitas e a pena foi reduzida.

Confira o comunicado oficial na íntegra:
​"O Superior Tribunal de Justiça Desportiva do MMA juntamente com a Comissão Atlética Brasileira de MMA, neste ato representada pelos Srs. Cristiano Sampaio e Rafael Thomaz Favetti, homologam por meio deste ofício a decisão de mérito em face do atleta ROY NELSON em virtude das ilegalidades cometidas e já analisadas no evento UFC FIGHT NIGHT realizado na cidade de Brasília/DF em 24/09/2016, bem como, reconhecem o cumprimento da pena sócio educativa por parte do atleta denunciado.

HOMOLOGAÇÃO DA REDUÇÃO DA PENA
Em virtude do atleta ter atendido as exigências impostas por esta entidade, neste ato consubstanciado no pedido de desculpas realizado no dia 04/12/2016 em coletiva de imprensa do UFC em Las Vegas, conforme verifica-se na internet / redes sociais, aplica-se a atenuante prevista para reduzir a pena em definitivo para 06 MESES DE SUSPENSÃO e multa no valor de R$45.000,00 (quarenta e cinco mil reais), convertidos e fixados em $13,700 (treze mil e setecentos dólares) a serem depositados no prazo de 30 dias na conta da CABMMA".

A pena é retroativa a 29 de setembro. Roy Nelson estará apto a voltar a lutar a partir de 29 de março de 2017.