LANCE!
10/10/2017
12:25
Rio de Janeiro (RJ)

Passado o UFC 216, a Comissão Atlética do Estado de Nevada divulgou as suspensões médicas aplicadas aos atletas que se apresentaram no show do último dia 7 de outubro, em Las Vegas (EUA). Ray Borg, que foi finalizado por Demetrious Johnson, pode ficar até seis meses afastado do octógono.

Segundo o comunicado reproduzido pelo sita MMA Junkie, Borg terá de passar por uma série de exames devido a uma lesão no quarto dedo da mão direita. Ele foi finalizado por Johnson no quinto round da disputa de cinturão dos moscas ocorrida na co-luta principal do show. 

Tony Ferguson, que conquistou o cinturão interino dos leves, pegou um gancho até 29 de outubro devido a uma possível lesão no olho esquerdo. Kevin Lee, que foi finalizado por Ferguson está suspenso até o dia 7 de novembro.  

Poliana Botelho precisa ser liberada por um ortopedista por conta de uma possível lesão no cotovelo direito e no dedo da mão direita. Thales Leites, que foi atropelado e dominado por Brad Tavares, precisa de liberação médica da orbital direita da face - ou fica suspenso até seis de abril. Suspensão mínima até 22 de novembro.