LANCE!
31/12/2016
04:01
Las Vegas (EUA)

Foram necessários 13 meses até que Ronda Rousey voltasse ao octógono mais famoso do mundo após sua derrota traumática contra Holly Holm, mas foram precisos apenas 48 segundos para que ela deixasse o cage novamente derrotada. Na luta principal do UFC 207, nesta sexta-feira, em Las Vegas (EUA), a brasileira Amanda Nunes alcançou uma performance espetacular, nocauteou Ronda e conquistou sua primeira defesa de título bem sucedida.


Com um ritmo eletrizante desde o início, a brasileira não teve cautela, logo acelerou o ritmo, encaixou seu jogo de trocação e nos primeiros golpes encaixados já anunciou o que estava por vir. A cada soco aplicado, Rousey parecia mais perdida, apenas abaixando a cabeça e tentando agarrar a brasileira para uma derrubada, sem sucesso. Depois de um direto que balançou a americana, Amanda acelerou o ritmo até que após uma sequência impressionante a americana ficou desnorteada e o árbitro interrompeu, declarando o nocaute técnico aos 48 segundos do primeiro assalto.

Agora Amanda Nunes chega a 14 vitórias e apenas quatro derrotas na carreira. A brasileira está invicta a quatro lutas e agora aguarda o anúncio de sua próxima adversária na categoria peso galo feminino do UFC. Já Ronda, diante da aversão à imprensa e de mais um resultado traumático pode anunciar sua aposentadoria em breve. Ela tem um cartel de 12 vitórias e apenas duas derrotas em sua trajetória no MMA.


Garbrandt é o novo campeão dos galos
Na co-luta principal do UFC 207. Cody Garbrandt mostrou ser uma força respeitável no mundo das lutas. Com uma atuação impressionante, o americano soube anular a movimentação de Dominick Cruz, conseguiu encaixar seu jogo de trocação pesado e conquistou uma vitória soberana diante do rival após cinco rounds de luta. Cody derrubou Cruz quatro vezes no octógono com seus socos pesados. No fim, a vitória na decisão unânime dos dos juízes e Garbrandt como novo campeão.

Promise kept! #AndStill #UFC207

Uma foto publicada por ufc (@ufc) em

Agora Cody sustenta um cartel perfeito de 11 vitórias em 11 lutas, enquanto Cruz reencontrou a derrota após nove anos sem saber o que é perder.

Confira os resultados do UFC 207
Amanda Nunes nocauteou Ronda Rousey no primeiro round
Cody Garbrandt venceu Dominick Cruz na decisão dos juízes
TJ Dillashaw venceu John Lineker na decisão dos juízes
Dong Hyun Kim venceu Tarec Saffiedine na decisão dos juízes
Ray Borg venceu Louis Smolka na decisão dos juízes
Neil Magny venceu Johny Hendricks na decisão dos juízes
Antônio Cara de Sapato venceu Marvin Vettori na decisão dos juízes
Alex Garcia nocauteou Mike Pyle no primeiro round
Niko Price finalizou Brandon Thatch no primeiro round
Tim Means x Alex Cowboy foi declarada "No Contest" (Luta sem resultado)