LANCE!
16/06/2016
07:05
São Paulo (SP)

Era questão de tempo para que Tite fosse anunciado como novo técnico da Seleção Brasileira, notícia já esperada por quase toda a imprensa, menos, aparentemente pela diretoria alvinegra. Diretoria, aliás, que já devia estar acostumada. Isso porque o Corinthians é agora o time que mais perdeu técnicos para a Seleção.

Com a saída de Tite, o Timão 'cede' seu quarto treinador para a Seleção Brasileira. Antes dele, Luxemburgo (1998), Parreira (2002) e Mano Menezes (2010).

Na sequência, aparecem Palmeiras e Cruzeiro, com dois cada. O Palmeiras cedeu Osvaldo Brandão em 1975 e Telê Santana em 1980. Felipão já havia sido demitido quando foi contratado em 2012. Em 2001, Felipão estava no Cruzeiro quando foi chamado, assim como Carlos Alberto Silva em 1987.

Desde 1970, quando os técnicos passaram a ter de trocar o clube pela Seleção, apenas Flamengo, Sport, Paraná, Bragantino e Sport perderam seus treinadores para a seleção principal do Brasil. Em 2015, o São Paulo viu Osorio deixar o clube para treinar o México.