LANCE!
19/06/2016
09:20
São Paulo (SP)

Os gaúchos e paulistas estão no topo do Brasileirão 2016 e alternam a liderança do torneio nas primeiras rodadas. Mas quando o assunto é penalidade máxima, ninguém vence a Chapecoense. A equipe de Santa Catarina já esteve envolvida em oito faltas dentro da área, sendo cinco a favor e três contra. 

A média da Chapecoense impressiona. Em oito jogos, cinco pênaltis a favor, uma média de 0,6 por jogo. É mais de um pênalti a cada dois jogos.

Adversário do Corinthians neste domingo, o Botafogo já teve três pênaltis para cobrar, mesma marca de Atlético-MG e Santa Cruz. O Santos é o quinto da lista, com dois pênaltis batidos em oito jogos, média de um a cada quatro partidas.

Com um pênalti, aparecem América-MG, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Inter e Palmeiras. Porém, nove equipes ainda não tiveram a chance de testar seus cobradores. Atlético-PR, Corinthians, Coritiba, Cruzeiro, Figueirense, Ponte Preta, São Paulo, Sport e Vitória não tiveram pênaltis. Destes, apenas São Paulo e Ponte Preta não cometeram penalidades.

Os dados são do Footstats, até a oitava rodada