Bruno Grossi
08/06/2016
07:30
São Paulo (SP)

Restando exatamente quatro semanas para encarar o São Paulo na semifinal da Libertadores, o Atlético Nacional terá outra decisão nesta quarta-feira. Depois de eliminar o Águilas, nos pênaltis, nas quartas de final do Campeonato Colombiano, o time de Medellín agora terá pela frente o Atlético Junior na semifinal. Do outro lado, o rival Independiente pega o Cortoluá.

O primeiro confronto dos verdolagas na semifinal colombiana será disputado no Estádio Metropolitano de Barranquilla, às 21h (de Brasília) desta quarta, enquanto a volta está marcada para as 17h do próximo sábado. Nesse intervalo, o Tricolor Paulista tem apenas um compromisso: pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, pega o Atlético-PR às 21h também de sábado.

Desfalcado por cinco atletas que defendem a Colômbia na Copa América Centenário, o Atlético aposta suas fichas no goleiro argentino Armani, decisivo para eliminar o Águilas nos pênaltis nas quartas de final, agarrando a última cobrança. Desde que chegou ao clube, em 2012, o arqueiro já defendeu 14 penalidades, somando batidas em tempo normal e disputas.

Estão na Copa América disputada nos Estados Unidos: o goleiro Bonilla, os defensores Aguilar e Díaz, o meia Pérez e o atacante Moreno. O técnico Reynaldo Rueda ainda perdeu o atacante Jonathan Copete, contratado pelo Santos, e corre o risco de ficar sem o zagueiro Sánchez antes da semifinal da Libertadores, já que o Barcelona B pode exigir a apresentação do beque.

Outros jogadores ainda podem ser negociados, mas o clube se defende para que mais nenhum necessite deixar o clube no meio da Libertadores. Do lado são-paulino, o técnico Edgardo Bauza tem certeza de que os colombianos contratarão até cinco reforços até o próximo dia 6 de julho, quando os times se encontrarão no Morumbi. A volta será dia 13, em Medellín.