Cesar Vallejo x Bahia - Copa Sul-Americana (Foto: Cris Bouroncle/AFP)

Cesar Vallejo jamais se destacou na Libertadores. Mas já teve boa presença na Sul-Americana. Em 2014, eliminou o Bahia e só caiu nas quartas para o Atlético Nacional  (Foto: Cris Bouroncle/AFP)

HENRY CHAVEZ
01/02/2016
10:05
Editor do diario La Industria de Trujilllo

O Cesar Vallejo vem crescendo no cenário equatoriano e pretende manter esta evolução realizando também boas campanhas na Libertadores. Ainda não deu Não deu sorte. Desta vez,  o sorteio o fez enfrentar o poderoso São Paulo. Mas que ninguém imagine um time fraco, capaz de ser goleado.

O time poeta é bem treinado por Navarro, técnico que impõe estilo de futebol pragmático e que tem no setor direito o ponto forte, com um gigantesco volume de jogo no qual participa lateral, volantes e meias. É por ali que o time buscará surpreender os paulistas.

Há pontos fracos? Sim. Tudo de bom que eu falo de um flanco, eu critico do outro. Pela esquerda há escassa possibilidade de ataque e o pior é que do ponto de vista defensivo a situação é ainda mais dramática. A comissão técnica passou a temporada passada inteira tentando acabar com a vulnerabilidade e não conseguiu. Esta é a incógnita.