Michael dos Santos (Foto: Reprodução/Facebook)

Michael dos Santos é o trunfo do River Plate-URU (Foto: Reprodução/Facebook)

RADAR/LANCE!
08/02/2016
17:14
Rio de Janeiro (RJ)

A Universidad de Chile tem uma taréfa árdua em sua luta por seguir na Copa Libertadores. Nesta terça-feira, às 20h30 (de Brasília) a equipe entra em campo diante do River Plate-URU, no Estádio Nacional, precisando vencer por três ou mais gols para se classificar. Já os uruguaios podem perder por um gol em Santiago, enquanto decisão por 2 a 0 levará a decisão da vaga no Grupo 2 para a disputa de pênaltis.

Na véspera do duelo que definirá quem entrará no grupo de Palmeiras, Rosario Central-ARG e Nacional-URU, o técnico Sebastián Beccacece exige que a Universidad de Chile evite erros e "risque" o resultado da primeira partida.

- A emoção nesta partida está garantida, porque os torcedores compraram os ingressos mesmo depois mesmo de perdermos a primeira partida e os jogadores prometeram a eles mesmos reverterem a situação e conquistar a vaga. Porém, a nossa margem de erro é zero, mas não podemos jogar pensando no resultado anterior.

Do lado do River Plate-URU, o técnico Juan Ramón Carrasco tem como trunfo o atacante Michael dos Santos. Aos olhos do brasileiro Ronaldo Conceição, o momento é de ignorar a vantagem em campo: 

- Nós estamos preocupados apenas com o nosso time. Estou muito confiante de que voltaremos do Chile com um grande resultado. Temos uma vantagem, mas não podemos nos conformar com isso e jogar.