Independiente del Vale x Atlético Nacional

Berrío celebra o belo gol que marcou para o Atlético Nacional. Colombianos venceram o Del Valle em Quito e está muito próximo do seu segundo título na  Libertadores  (Foto: RODRIGO BUENDIA)

RADAR/LANCE!
20/07/2016
23:50
Quito (EQU)


Independiente del Valle e Atlético Nacional ficaram no 1 a 1 na primeira partida da final da Libertadores-2016, nesta quarta-feira, em Quito. Com isso, na partida de volta, na próxima quarta-feira, em Medelín, quem vencer será o campeão, com qualquer empate levando a decisão para os pênaltis.

Berrío abriu o placar para os colombianos, que fizeram boa partida e foram superiores aos donos da casa, que só arrancaram o empate no finzinho, com o seu jogador que mais falhou, o bom zagueiro Mina.

Com o empate, o Del Valle manteve a sua invencibilidade. Em três participações na Libertadores. Jamais perdeu uma partida no Equador. E segue com o sonho de conquistar a primeira LIbertadores. O Atlético Nacional busca o segundo título continental.


O JOGO

O Del Valle entrou com uma surpresa. O irregular lateral-esquerdo Ayala no banco e o volante-curinga Tellechea, ótimo nos dois jogos contra o Boca Juniors nas semifinais -  improvisado no setor.  Já o Atlético Nacional não tinha Mejía (o jogador que irá para o futebol mexicano estava suspenso) e entrou com Berrío mais uma vez como meia pela direita deixando o ótimo Guerra no banco, iniciando o jogo com forte marcação em linhas de quatro, mas buscando usar a velocidade de Marlos Moreno (a joia da coroa dos colombianos de apenas 19 anos e que está sendo negociado com o Manchester City)  e Borja.

O Del Valle começou nervoso, pegando muito na marcação. Antes do primeiro minuto Rizotto fez uma falta que merecia amarelo. No ataque, embora José Angulo tenha chutado uma bola perigosa, o time não conseguia ter a posse, sendo envolvido pelo toque de bola dos colombianos nos primeiros 20 minutos.

Conforme o tempo foi passando, o jogo ficou mais aberto. Para o Del Valle, o zagueiro Mina quase abriu o placar quando foi ao ataque e escorou sem querer uma cobrança de falta para a área. No susto e sem muita elegância, o goleiro Armani encaixou.  Mas o Nacional era melhor e acabou chegando ao gol aos 36 minutos, quando Berrío apareceu de surpresa no meio do ataque, recebeu de Macnelly Torres, driblou os dois zagueiros dos equatorianos (Mina e Caicedo) e bateu de fora da área.  

O Independiente del Valle sentiu o gol e quase levou outro num erro de Mina. O zagueiro titular da seleção equatoriana furou e  Marlos Moreno, que ficou com o presente,  tentou um gol por cobertura da intermediária. Quase fez de placa.


No segundo tempo, o Del Valle buscou adiantar a marcação, mas somente chegava na área em cruzamentos - quase todos de Sorzona.  E o Atlético Nacional seguiu muito tranquilo em campo, tentando aproveitar a péssima noite do zagueiro Mina na marcação e chegando com perigo ao gol de Azcona.

O jogo seguia truncado e aos 40 minutos tudo parecia perdido quando o atacante José Angulo levou uma falta feia de Blanco e saiu de campo aos prantos.  Só que na cobrança da falta de Sornoza, o zagueiro Mina subiu para cabecear, depois dividiu com o goleiro Armani e acabou levando a melhor, empatando a partida.

Dois jogos em um dia

Uma curiosidade marcou a quarta-feira para o Independiente Del Valle. Além de jogar pela Libertadores, o time teve de disputar - com o time reserva, é claro - uma partida pelo Equatoriano, à tarde. Perdeu para o El Nacional por 5 a 2. Com a derrota, o rival tomou a terceira posição do Del Valle na tabela.  

FICHA TÉCNICA
INDEPENDIENTE DEL VALLE 1 X 1 ATLÉTICO NACIONAL
LIBERTADORES-2016 - FINAL - JOGO DE IDA
DATA E HORÁRIO:
20/07/2016 - 21H45MIN (DE BRASÍLIA)
LOCAL: ESTÁDIO ATAHUALPA, Quito (EQU)

ÁRBITRO: Enrique Cáceres (PAR)
AUXILIARES: Eduardo Cardozo e Milciades Saldivar (PAR)
CARTÕES AMARELOS: Núñez, Rizotto (IND), Pérez, Sánchez e Guerra (ATL)
CARTÕES VERMELHOS: -
GOLS: Berrío, 36'/1ºT (0-1); Mina, 41'/2ºT (1-1)

INDEPENDIENTE DEL VALLE: Azcona, Núñez, Caicedo, Mina e Tellechea; Rizotto e Orejuela; Cabezas (González, 24'/2ºT), Sornoza e Julio Angulo (Uchuari, 24'/2ºT); José Angulo (Castillo, 42'/2ºT) . TEC: Pablo Repetto

ATLÉTICO NACIONAL: Armani; Bocanegra, Sánchez, Henríquez e Diaz; Arias, Pérez (Guerra, 30'/2ºT), Berrío e Macnelly Torres (Blanco, 34'/2ºT); Marlos Moreno e Borja. TEC: Reinaldo Rueda