Seijas

Seijas levantou o título da Sul-Americana de 2015. Agora ele espera levar o Santa Fe  bem longe na Libertadores e o primeiro desafio é nesta terça-feira, contra o Oriente Petrolero, no jogo de ida da primeira fase 

RADAR/LANCE!
01/02/2016
14:35
Rio de Janeiro (RJ)

O Independiente de Santa Fe, atual campeão da Copa Sul-Americana, jogará contra o Oriente Petrolero na primeira fase da Libertadores. A equipe cafeteira é uma das gigantes da Colômbia e vem bem animada após vencer o primeiro torneio internacional desde os anos 70 e ter a real possibilidade de avançar à fase de grupos da Libertadores, pois tem um elenco bem superior ao rival boliviano.

Em comparação à temporada passada, o time está reforçado, pois chegaram William Tesillo, Jonathan Gómez e Juan David Valencia, que auxiliarão o astro do time, o volante argentino Omar Pérez, de extensa experiência no futebol colombiano. Como ponto a lamentar: a saída de Meza. Titular da seleção da Colômbia e que foi jogar no futebol mexicano, no Pumas.

No banco os cafeteros contam com um de seus triunfos. O treinador Gerado Pelusso tem muita experiência em Libertadores, treinou times de seis países diferentes da América do Sul, foi técnico da Seleção do Paraguai e nesta sua primeira incursão em um clube colombiano conseguiu levar o Santa Fe ao título da Sul-Americana (que também é o principal caneco que o técnico levantou).

Como ponto forte, a imprensa colombiana lembra que o Santa Fe tem um notável equilíbrio defensivo e no aspecto físico o time é o melhor do futebol colombiano. Por isso,  a rápida transição da defesa para o ataque costuma render bons frutos para a equipe, principalmente na reta final dos jogos. Mas há um ponto fraco que assusta. Em partidas decisivas (como ocorreu nas duas eliminações para o Junior Barranquilla, no Colombiano e na final da Copa das Colômbia) o time faz poucos gols.

O provável time titular: Robinsón Zapata; Anchico, Mina, Tesillo e Balanta; Roa, Perlaza, Gordillo e Seijas; Gómez e Angulo