LANCE!
22/12/2016
00:44
São Paulo (SP)

O Grêmio conheceu nesta quarta-feira os seus adversários na Copa Libertadores de 2017, em sorteio realizado no Paraguai. Cabeça-de-chave do Gripo 8, o campeão da Copa do Brasil pegou rivais mais modestos e uma única longa viagem: Venezuela. Guaraní (PAR), campeão do Paraguai, Zamora(VEN) e Deportes Iquique (CHI), surpresa chilena neste ano, são os adversários.

GUARANÍ (PAR)
Cidade: Assunção, capital do país
Títulos da Copa:
Número de finais:
Joga a Libertadores pela 16ª vez

"Guaraní é o atual campeão do futebol paraguaio e tem Julio César Caceres (zagueiro ex-Atlético-MG) como capitão, mas ele ainda negocia sua permanência no clube. Francisco Arce era o treinador que iniciou o segundo semestre dirigindo o time, mas foi chamado para a seleção paraguaia e deu lugar para o argentino Daniel Garnero continuar o sonho de conquistar o 11º título de sua história. É uma equipe que tem um futebol bonito, tem posse de bola e é paciente na hora de criar as jogadas. Já eliminou o Corinthians e chegou à semifinal da Copa Libertadores".
Por Edgar Cantero, da revista "Pelota Tata" (PAR)

Time-base: Alfredo Aguilar; Luis de la Cruz, Óscar Velázquez, Julio César Caceres e Edgar Aranda; Rodrigo Bogarín, Marcelo Palau, Juan Aguilar e Alberto Contrera; Nestor camacho e Rodrigo Lopez. Técnico: Daniel Garnero.

ZAMORA
Cidade: Barinas, a 500km da capital Caracas
Títulos da Copa:
Número de finais:
Joga a Libertadores pela 4ª vez

"Campeão absoluto da Venezuela, se classificou para a Libertadores por ter conquistado o Apertura 2016. Até o meio do ano, o time dirigido pelo experiente Francesco Stiffano havia ganhado praticamente tudo dentro do futebol local, faltando unicamente somar uma nova estrela, feito que se consolidaria no Apertura - final absoluta do nosso futebol. O segundo semestre não foi o melhor para o time, que não mostrou a habitual consistência, e os resultados não foram os melhores.

As principais baixas são Richard Blanco, artilheiro do torneio que marcou na final, o meia Pedro Ramírez, importante na produção de jogo da equipe cujo contrato de empréstimo chegou ao fim, e Yeferson Soteldo, volante ofensivo e a figura mais importante do Zamora. Será preciso observar como cobrir essas peças, que praticamente representam o estilo de jogo da equipe. Por enquanto, o time está de férias e retomará suas atividades em janeiro."
Por Nacho Rodriguez, do "Zona Futbol - RCR 750am"

Time base: Angulo; Gonalez, Peraza , Jorge Ignacio Gonzalez e Ovslle; Sebsstian Contrera, Vargas; Atenas e Oscar Hrrnandez; Martinez e Angel Faria. Técnico: Francesco Stifano Garzone.

DEPORTES IQUIQUE (CHI)
Cidade: Iquique, cidade litorânea a 1.800km da capital
Títulos da Copa:
Número de finais:
Joga a Libertadores pela 2ª vez

"Foi uma das surpresas do último torneio chileno. Comandado por Jaime Vera, brigou pelo título até as últimas partidas. De fato, uma derrota para a Universidad Católica o deixou longe da possibilidade de ser campeão nacional pela primeira vez na história. Seu funcionamento está baseado na contribuição dos jogadores mais experientes: Rodrigo Naranjo, Mauricio Zenteno, Mathías Riquero e Manuel Villalobos. À esta base, foram somados elementos jovens. Procura realizar um jogo de bons toques de bola, mas também é um time que se retrai adequadamente quando as circunstâncias de jogo exigem. Também conta com Nicolás Peñailillo, ex-jogador do Everton (CHI) como seu primeiro reforço para a próxima temporada. Sua última participação internacional foi na Sul-Americana de 2015, quando foi eliminado na primeira fase pelo Universitario de Sucre."
Por Christian González, do jornal "La Tercera"

Time-base: Naranjo; Moreno, Zenteno, Lopes e Charles (Peñailillo); Caroca, Riquero; Bustamante; Ramos, Villobos e Dávila. Técnico: Jaime Vera.