Silvânia Costa (Foto: Marcio Rodrigues/MPIX/CPB)

Silvânia Costa conquistou a medalha de ouro nos Jogos Paralímpicos do Rio (Foto:Marcio Rodrigues/MPIX/CPB)

Igor Siqueira
16/09/2016
13:09
Rio de Janeiro (RJ)

O DNA vencedor da família Costa foi colocado em ação nos Jogos Paralímpicos do Rio. Silvania Costa repetiu o feito do irmão Ricardo Costa e também faturou a medalha de ouro no salto em distância, categoria T11, para deficientes visuais.

Na mesma prova, o Brasil também ficou com o bronze, com Lorena Spoladore. A prata ficou com Fatimata Diasso, da Costa do Marfim.

A conquista de Silvania foi a 11ª dourada para o Brasil, em um momento em que o país-sede vem perdendo lugares no quadro de medalhas. A conquista foi emocionante, garantida no último salto - 4,98m -, levando o Engenhão à loucura.

Silvania vinha liderando a disputa desde o primeiro salto, mas na quarta tentativa a marfinense conseguiu um 4,89, deixando a brasileira 11cm em desvantagem. Mas Silvania foi melhorando progressivamente o desempenho até que chegou o último salto. Mesmo sem usar a placa por completo, ela decolou e alcançou 4,98m.

Silvania, de 29 anos, e Ricardo Costa, de 34, compartilham vitórias, mas também a mesma doença de Stargardt, que é um problema congênito que leva à perda da visão central.