LANCE!
10/09/2016
15:46
Rio de Janeiro (RJ)

Na manhã e início da tarde de disputas do terceiro dia dos Jogos Paralímpicos Rio-2016 neste sábado, o Brasil conquistou sua quarta medalha de ouro do Brasil no evento, sendo a terceira no atletismo. E o ótimo desempenho dos judocas na última jornada da modalidade na Cidade Maravilhosa também chamou a atenção.

Confira abaixo um resumo do que aconteceu de mais importante neste sábado na Paralimpíada Rio-2016.

No atletismo, ouro, recorde mundial e classificações
Os brasileiros brilharam na manhã de disputas no Engenhão. O destaque foi a medalha de ouro Claudiney Batista no lançamento de disco na classe F56, com direito a recorde paralímpico. Foi a única láurea obtida pelo país na parte da manhã e início da tarde nos Jogos Paralímpicos. Minutos antes, Petrucio Ferreira voou baixo nos 100m rasos na categoria T47 para bater o recorde mundial da prova que se mantia firme desde 1992. Além dele, outros cinco atletas (Lucas Prado, Ricardo Costa, Felipe Gomes, Mateus Evangelista, e Yohansson Nascimento) avançaram de fase. 

Judô coloca três atletas em finais
No último dia de disputa de medalhas do judô na Paralimpíada Rio-2016, três judocas do país foram para a final. O principal deles é Antônio Tenório, que garantiu sua sexta medalha paralímpica da carreira. Os outros classificados foram Willian de Araújo e Alana Martins. As disputas serão ainda na tarde deste sábado.

Daniel Dias se classifica para mais uma decisão
​Na natação, seis atletas se classificaram para as finais de suas provas. Daniel Dias, que já conquistou duas medalhas no Rio, irá em busca da terceira nos 50m borboleta S5 ainda na tarde deste sábado. Também competirão por medalhas Verônica Almeida (100m peito SB7), Joana Maria Silva (50m borboleta S5), Maiara Barreto (50m costas S3), Andre Brasil (100m costas S10), Mariana Ribeiro (100m costas S10), Matheus Souza (400m livre S11) e Regiane Silva (400m livre S11). 

No tênis de mesa, dois avançam para as quartas de final
Israel Stroh (classe 7) e Welder Knaf (classe 3) seguem vivos na disputa por medalhas. Eles conseguiram avançar na fase de grupos em suas respectivas categoria, e disputarão na noite deste sábado as quartas de final. Stroh enfrenta o ucraniano Maxym Nikolenko, e Knaf duela com o alemão Thomas Schmidberger.